Um poema de ataque

O Projecto do Ajax é um dos mais interessantes a nível mundial, pela capacidade constante de formar e valorizar jogadores aliada à Filosofia de jogo do Clube. A quantidade de jogadores formados no clube que actuam no plantel principal é imensa e é demonstrativa do trabalho da Formação do principal emblema holandês. A Ideia de como atacar do treinador holandês tem valorizado e potenciado jogadores como De Jong, Tadic, De Ligt ou David Neres que deverão, num futuro próximo, chegar a clubes de maior dimensão.

É impossível ficar indiferente ao conto de fadas que tem sido o percurso Europeu do Ajax. As vitórias sobre a Juventus e o Real Madrid ajudam a elogiar a equipa holandesa, mas é a qualidade de jogo OFENSIVO da equipa de Erik Ten Hag que a tornam na grande sensação da Champions League desta temporada.

No sensacional percurso na Champions, o Ajax, embora tacticamente diferente com Ten Hag daquilo que foi sempre a matriz táctica do clube tem sido sempre fiel ao seu estilo de posse e de pressing alto pelo desejo de ter a bola. Da capacidade incrível de combinar no último terço à facilidade em jogar dentro e sair da pressão, a equipa holandesa tem-se tornado a grande surpresa do Futebol Europeu e nem mesmo a forma como defende, caída em desuso no futebol Europeu, tem sido um handicap para a obtenção de resultados. À imagem de outras noites europeias, a noite de ontem em Itália, ficou marcada pela qualidade do Futebol Total do Ajax que inquietou e venceu a Juventus. Em ataque posicional ou em ataque rápido , o Mundo do Futebol assistiu a um vendaval de futebol ofensivo . Tal como acontecerá, naturalmente, com alguns jogadores do emblema holandês, o treinador holandês, que até trabalhou com Pep Guardiola no Bayern, irá chegar a outros palcos.

Sobre Pirlo 62 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

4 Comentários

  1. Marcel Keizer é um dos melhores treinadores do Mundo, senão o melhor e nem uma referência fazem ao seu trabalho no Sporting, o Ten Hag que para mim é muito inferior ao Keizer, mas que benefecia do Ajax ter um grande plantel, através do bom scouting e formação é endeusado como grande treinador.

    Este mesmo treinador levou 6 do Feyenoord, com o melhor plantel das últimas épocas nem em 1º consegue estar destacado na holanda, Keizer teve 1/3 deste plantel, não tinha Tagliafico, Blind, Mazroui, De Jong estava a dar os primeiros passos, não tinha Tadic, tinha um PSV fortíssimo e mesmo assim estava a 5 do 1º em Dezembro, quando foi despedido por perder uma taça nos penalties.

    Keizer no Ajax nunca perdeu por mais que 1 golo, as suas equipas eram um vendaval ofensivo, faziam 5,6 e até 8 golos num jogo.

    Keizer tem o pior plantel das últimas 6 épocas no Sporting, pode ganhar 2 taças, está em 3º com um rendimento ofensivo brilhante para os jogadores que tem e não vejo ninguém a valoriza-lo.

    Para o ano, se lhe derem jogadores a sério, bate o recorde de pontos e golos em Portugal.

    • Um comentário bastante interessante por estar completamente no lado oposto da esmagadora maioria da opinião, mas não deixa de ter a sua validade apesar de discordar em a começar pelo facto de para mim o keizer nem no top 3 de treinador de Portugal entra

  2. A seguir aos jogos com o Benfica afirmei aqui que o Ajax tem uma equipa quase banal, o que agora soa ridículo… No entanto, parece-me que evoluíram muito desde o início da época e estão numa forma tremenda. O Benfica podia ter ganho os dois jogos sem grande qualidade colectiva ou individual (teria sido mau para a competição!). Dá gosto ver o Ajax jogar, dois ou três miúdos estratosféricos e muito prazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*