Define Rafael

Veloz e com aparente facilidade em conduzir e driblar, porque não é Rafael Camacho mais vezes aposta?

O extremo português formado entre Sporting e Liverpool é uma das vitimas da ausência de Equipa B do Sporting – Porque tem imensas dificuldades na definição, não aproveita os lances potencialmente perigosos. Não cria e perde ocasiões flagrantes para ajudar a sua equipa, está longe de ser opção na equipa principal. Sem o contexto Segunda Liga, fica sem competição estimulante, e o tempo vai passando sem que mude o perfil de um jogador que aparenta poder… mas nunca traduz em rendimento.

Em Linz somou uma infinidade de lances em que melhor definição teriam levado o Sporting a vários golos. Porém, continua a ser um “acelera” que não vê, não analisa, não decide. A quantidade de situações que perdeu a possibilidade de aproximar o Sporting de golo ajudam a explicar porque é tão importante a tomada de decisão e inteligência no futebol actual.

8 Comentários

  1. Tens um lance ainda mais escandaloso. O redes do LASK sai da baliza e sob pressão a bola vem parar aos pés do Camacho, que está sozinho, a meio do meio campo ofensivo, com a baliza aberta. E ele nao remata… fiquei parvo. Vê se consegues apanhar o lance porque é provavelmente mais grave ainda do que qualquer um dos estás a usar. Obrigado pelo teu trabalho.

Responder a Bráulio Pereira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*