O momento em que dos pés e da decisão de Herrera o FC Porto poderia ter sentenciado o clássico

Apesar das evidentes melhorias do Benfica após a mudança de sistema táctico operada por Rui Vitória aquando da entrada de Horta, e que no fundo candidataram a equipa encarnada à sorte que acabou por ter, sem o merecer, nunca o FC Porto deixou de ser melhor no clássico.

Menos tempo com bola mas sempre a controlar o jogo defensivamente pela forma como nunca deixou o Benfica criar (controlar o jogo, diferente de controlar o resultado, que naturalmente será sempre passível de se alterar em lances esporádicos, nomeadamente em bolas paradas).

Com as substituições operadas por Nuno, baixaram substancialmente o número de transições portistas com seguimento até ao último terço encarnado.

Fica porém na retina, a última de todas. Mais um lance de potencial imenso, pela vantagem numérica e espacial. Herrera que um minuto mais tarde se tornaria vilão, a decidir com qualidade. A conduzir para dentro e a temporizar para a chegada da superioridade numérica. Definiria bem o lance que poderia ter sentenciado o clássico. Do mau, num aparente fácil gesto técnico de André Silva perder-se-ia a oportunidade. Herrera que tudo fez bem na definição do lance, tornar-se-ia a figura do clássico, um minuto depois, no momento em que apertado nas costas por Pizzi toma a péssima decisão de tentar acertar em Eliseu.

P.S. – Continuo a solicitar que adiram ao patreon. Estamos muito agradecidos aos que já o fizeram. Por um valor residual (não terá de ser mais de um dólar mês!) continuaremos a produzir conteúdos para que continuem por cá. Continuem a ajudar aqui:  Patreon. Muito simples e garantirá a existência do “Lateral Esquerdo” nos meses seguintes.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2364 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

6 comentários em O momento em que dos pés e da decisão de Herrera o FC Porto poderia ter sentenciado o clássico

  1. Este é um blog onde se fala de futebol, arbitragens tens milhares de outros sitios para comentar não estragues um lugar onde realmente se fala sobre o que realmente importa o jogo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*