“MarsBet”

Velocidade de raciocínio. Antecipar tudo. Sporting batido na profundidade.

Com dois golos em que os franceses surgem a explorar a profundidade de uma última linha muito mal posicionada, venceu o Marseille o Sporting de Jorge Jesus.

Já na derrota com o Valência havia feito menção a vários erros posicionais que estão a suceder na leitura das situações defensivas, com Mathieu a revelar algumas dificuldades para cumprir o que idealiza o seu treinador.

No primeiro golo da equipa de Marselha, o erro de leitura do central francês. Novamente mais centrado num adversário específico e não no todo para tomar a sua decisão, prepara engano ao adversário directo, esquecendo que zona começa no posicionar em função da bola e da sua própria baliza. O engano vem depois. Enquanto tentava enganar o “seu”, outro movimento acontecia que não soube antecipar, baixando metros e colocando-se mais próximo do eixo bola – baliza. Quando percebeu que estava a errar, já era demasiado tarde (porque enquanto avançados saíam em velocidade, Mathieu tinha de arrancar e depois de um deslocamento lateral à frente…)

O segundo golo, fruto de um erro pouco habitual numa equipa de Jorge Jesus. A última linha assume um posicionamento com bola no corredor central, e não reage (bascula) à mudança da situação de jogo, pós passe para o corredor lateral e com bola mais projectada. Coates mantém posicionamento, não bascula e baixa para garantir cobertura e é precisamente no espaço que deveria ocupar que a bola passa.

Defender bem é sobretudo antecipar e posicionar. Resolver no corte, é geralmente sinónimo de correr atrás do prejuízo.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2764 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

5 comentários em Velocidade de raciocínio. Antecipar tudo. Sporting batido na profundidade.

  1. Como se explica que um jogador que nos últimos 3 anos do Barcelona, jogou 100 JOGOS! Não compreenda esses comportamentos…

    Cada vez mais as pessoas têm de compreender, o campeonato e os treinadores portugueses estão na vanguarda!

  2. No lance do primeiro golo, para além do erro do Mathieu, o Coates não devia ter deixado o jogador que simula que recebe em apoio para o médio defensivo?

    O Sporting está a construir um plantel interessante, mas parece que vai ter mais dificuldades ainda que na época passada no controlo da profundidade.

  3. Apesar dos erros do Mathieu, não será o maior erro de Coates? Cai facilmente no chamamento do adversário e depois, não sendo novidade, não tem velocidade para o acompanhar.

  4. “…Mathieu a revelar algumas dificuldades para cumprir o que idealiza o seu treinador.”
    ” (Mathieu) Novamente mais centrado num adversário específico e não no todo para tomar a sua decisão…”
    Concordo com o que dizes mas porque é que não mencionas também o Coates? É que estas duas frases caem que nem uma luva nele. Ainda por cima já leva mais tempo com o JJ que o colega.

    Abraço

  5. Só conheço 1 jogador que não tem q se adaptar às ideias colectivas…principalmente as umas tão vincadas como as do Jorge…Messi…O resto é td igual uns com mais jogos outros com mais golos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*