“MarsBet”

Liverpool de Klopp na Audi Cup, a preparar os grandes confrontos.

O perfil que vem contratando Jürgen Klopp não deixa demasiadas dúvidas sobre como pensa o treinador alemão resolver os jogos mais complicados na Premier League.

Organização defensiva com uma linha média a cinco elementos, controlando melhor em toda a largura do relvado, possíveis entradas da bola no espaço entre defesas e médios, linha defensiva suficientemente próxima da linha média para que a cada bola que entre, seja possível com agressividade condicionar portador para que não consiga enquadrar, última linha o mais alta possível, com guarda redes mais adiantado a controlar também o espaço nas costas dos defesas, e paciência para esperar o momento em que recupera e sai para o contra ataque ou ataque rápido com a velocidade dos seus alas, sempre a chegarem mais rápido que laterais contrários ao último terço.

Quem não aproveita o contra ataque é estúpido

José Mourinho

No “Das Reboot – How german reinvented itself and conquered the world” é referido o facto de uma percentagem demasiado significativa dos golos surgirem sobretudo nos primeiros 6 a 10 segundos pós recuperação da bola.

É com tal premissa na mente que Klopp vem aprimorando um modelo que pretende o mais eficaz possível para provocar danos nos adversários quando estão mais expostos.

Com Coutinho que se move mesmo com bola e decide à velocidade da luz a surgir como elemento que liga as transições ofensivas, Firmino, o avançado centro que baixa para receber ou ganhar espaço para o aparecimento dos velozes Salah, Sturridge ou Mane, a equipa de Klopp vai-se preparando para ser uma das melhores a nível Europeu a explorar os momentos que se seguem à recuperação da posse.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2764 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

3 comentários em Liverpool de Klopp na Audi Cup, a preparar os grandes confrontos.

  1. O pior é que o Liverpool vai encontrar este tipo de jogos em menos de 50% da época. Durante a maior parte da época, o Liverpool vai enfrentar adversários que os vão obrigar a resolver as situações em ataque posicional.

    Na época passada aconteceu o mesmo. Muito fortes contra as melhores equipas, mas fraquinhos contra os outros.

    • Pois, foi isso que pensei também enquanto via este jogo…

      Isso e o facto das equipas do Klopp terem sempre muitas lesões, quando chegar Dezembro/Janeiro será uma razia…

      Por isso, acredito que estejam na corrida pelo título até +/- meio da época, depois irão cair…

      Acredito mais numa boa figura nas taças e na Champions.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*