Os centímetros do Sporting

Facilmente se concluí que o Sporting demasiadas vezes sai prejudicado pela baixa estatura do seu onze base. Várias foram as criticas às contratações de Janeiro, precisamente porque todas elas vieram acentuar ainda mais tal deficit.

Deveria o Sporting procurar no mercado, jogadores morfologicamente mais altos?

A resposta é não.

Por mais que nos queiram fazer crer que os centímetros são decisivos, a morfologia do atleta deve ser tida somente como um extra. A primazia deverá incidir sempre na capacidade técnica e táctica, seguida das capacidades condicionais. Nunca nas morfológicas. Se morfologicamente o atleta retirar dos tais atributos benefícios para o seu jogo, melhor. Desde que não faça dos mesmos, o centro do seu jogo.

Se é verdade que os atletas mais altos, mais facilmente obtêm sucesso em determinados momentos do jogo (bolas paradas, essencialmente), não é menos verdade, que mais facilmente encontramos jogadores talentosos com baixo centro de gravidade.

O problema do Sporting não está, obviamente, na pouca altura dos seus jogadores. Está na incapacidade para gerir com qualidade a posse de bola. Está na facilidade com que se entrega a bola ao adversário. Fosse o Sporting mais capaz nos momentos ofensivos, retirando tempo de posse de bola ao adversário, e tal questão nem se colocaria.

P.S. – Há uns meses sugerimos que no SL Benfica, a diferença de Javi para Rúben era somente morfológica, pelo que o espanhol não deveria ser tido como insubstituível. A crença mantém-se.

P.S. II – Tendo exactamente a mesma capacidade técnica, táctica e física, ser mais alto é de facto uma vantagem.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3333 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*