Rei Salomão

white corner field line on artificial green grass of soccer field
O título não é original. Além de que é bem exagerado. Porém, se recordar que ainda há tão pouco tempo, o profissionalismo, para Diogo poderia ser apenas uma miragem, o trajecto do miudo da Amadora é bestial.
Só alguém profundamente corajoso poderá predizer que o futuro de Salomão possa passar por um dos grandes europeus, como tantos outros extremos do Sporting. A sua capacidade actual não faz prever tal cenário, e também é dificil adivinhar tal futuro no seu potencial. Tem, no entanto, todas as condições para poder ser um jogador importante no Sporting e em Portugal.
A excelente capacidade para aparecer ao segundo poste em zonas de finalização, foi algo perceptível desde bem cedo. É tecnicamente um jogador bem interessante e responsável tacticamente. É inteligente na forma como procura quase sempre soluções colectivas, conduzindo a bola na direcção do corredor central, e procurando invariavelmente colegas para tabelar.
Incremente as suas capacidades físicas (sua principal debilidade, facto a que não será alheio o tardio aparecimento numa equipa de topo) e continue humilde, procurando sempre o sucesso de todos, e seguramente que a sua hora chegará.
Diogo tem potencial e perfil para entrar na história do seu clube. Assim seja aproveitado e estimado.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3332 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Oxalá.

    As suas características físicas não são débeis. Tem velocidade e não tem problemas de resistência, que se notem. Fala-se no físico do Salomão apenas por ser franzino, mas isso nada significa. Há muitos jogadores a quem falta muita massa muscular na comparação com outros e nem por isso lhes ficam a dever o que quer que seja.
    Importa que cumpra os requisitos para durar decentemente dos 0´ aos 90´. Só isso, depois se tem mais ou menos músculo, mais ou menos largura, é irrelevante.

    Esse pormaior do aparecer sempre muito rápido ao 2º poste surpreendendo o lateral que supostamente o defende é evidente. O golo na Liga Europa foi tirado a papel químico do de ontem, embora os gestos técnicos não tenham nada a ver um com o outro.

    O que eu gosto mais nele é a rapidez com que pensa. Não a rapidez com que executa, mas sim a mental. Vislumbra saídas muito rapidamente, e quase sempre essas saídas são da bola, e nunca dele com a bola. Ao início sim, tinha algum mau hábito de – especialmente quando solicitado junto à linha – procurar ultrapassar um adversário mas isso adivinha-se que fosse da vontade de querer mostrar-se, aproveitando-se do facto de ser esquivo e lá está, franzino.
    3 ou 4 meses depois (não que tenha muito mais aparições mas enfim) parece que não faz mais isso. Ontem pelo menos não o procurou. Procura a melhor solução e ponto, seja ela soltar logo a bola ou levá-la.

    Muito bom isso, e melhor ainda quando é ágil a endereçar a bola. Jogador sério e que tem muito bom ar. Tem um ar limpo e decente. É muito bom sinal que não use brincos nem pinte o cabelo, como o mariconço do Coentrão por exemplo.

    Os sinais são todos eles muito positivos.
    Que tenha muita sorte, porque a sua sorte será a sorte do Sporting.

  2. Só para dizer que concordo com 95% do que por este blog se posta relativamente a futebol. Passei também para dizer que advérbios de modo não levam acentos (ex: "tácticamente). Após esta observação, desejo que continuem a postar assiduamente para que este espaço continue a primar pela qualidade com que encaram o futebol. Obrigado.

  3. Alguma azia que vai para aqui, lá por causa do nosso mariconço… Sim senhor. As filhóses ainda não estão bem digeridas, só pode! Vejam lá se um dia destes lutam pelo campeonato também, pode ser? Só para isto ter mais piada. Parabéns por terem ganho a um Braguinha desfalcado de metade da equipa que lutou para ser campeã no ano passado. Já são quase a melhor equipa para ficar em terceiro. Grandes tristes, perdão, grande triste me saiu o senhor MM, que não vi aqui mais ninguém a maltratar ninguém, e já agora deixe que lhe acrescente, o Coentrão era interesse do Sporting antes de vir para o Benfica. Nada lhe apraz dizer disso? Pois não, o senhor está mais interessado na cor do cabelo dele. Haja decência!

    Abraço

    Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

    Bimbosfera.blogspot.com

  4. "(…) continue humilde, procurando sempre o sucesso de todos, e seguramente que a sua hora chegará."

    PB,

    Concordo plenamente com esta afirmação. No entanto, revolta-me a forma como os jogadores que encarnam esta premissa em campo são permanentemente postos de parte no Sporting e no mundo do futebol português em geral (p.e.: Pereirinha, Adrien, Saleiro, Postiga…) ao passo que os que não jogam em equipa (p.e.: C.Ronaldo, Quaresma, Nani, Veloso…) passeiam sucesso no estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*