Maturidade

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Exibição francamente boa do SL Benfica. O que mais impressionou? A maturidade que o colectivo revelou no momento em que não teve o domínio do jogo.
De facto, jogos houve em que sendo bem mais dominador o SL Benfica havia revelado mais fragilidades. Se na primeira parte ainda havia sido surpreendido em algumas (poucas) transições rápidas da União, o Benfica da segunda parte, revelou uma maturidade muito grande. Soube aceitar o dominio adversário, garantindo uma qualidade de excelência na organização defensiva. Qualidade bem expressa no número de remates leirienses à baliza (zero).
Se a estratégia defensivamente resultou num grande controlo sobre o jogo, faltava porém, qualidade nas saídas para o contra-ataque. Qualidade essa que chegou com a entrada de Rúben Amorim.
Por Rúben, muito elogiado pelo seu trabalho defensivo, mas demasiadas vezes esquecido no que acrescenta ofensivamente. E não é pouco. Ofensivamente, para além de ser extraordinário do ponto de vista da tomada de decisão, tem uma capacidade técnica muito boa, que lhe permite sempre receber e entregar bem. E pela saída de cena de Carlos Martins. Novamente demasiado apressado e precipitado sempre que tem a bola nos pés. É uma tarefa hérculea contar a enormidade de bolas que perde. Parece novamente complicativo e incapaz de jogar simples e bem.
P.S. – Saviola foi Saviola. E quando assim é, impedir o Benfica de chegar aos golos, não parece ser possível.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3166 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Uma vénia a este post. Sempre achei que Rúben fosse jogador com qualidade para titular neste Benfica, não fossem as lesões a atormentá-lo. Lembro quando entrou no jogo contra o sporting, cheio de dores disseram depois, a facilidade que demonstrou em largar a bola e a decidir da melhor forma. Para mim, Rúben tem que jogar sempre. Parafraseando Quique "Com Rúben, a equipa joga diferente" ou algo assim..

  2. Boas, caríssimos, lamento ainda não ter vindo após a entrada do ano, mas estou já a recuperar!
    Grande post, claro, que aparentemente mostra qualidade do meu Benfica. Lamento também não ter podido ver o jogo em condições, mas ver online é complicado se a net está má! Fui ouvindo, mas parece-me de acordo com o que aqui é dito!

    Abraço

    Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

    Bimbosfera.blogspot.com

  3. Escreves sobre o que queres: claro.
    Mas que é óbvia a (in)diferença em relação ao FC Porto, lá isso é(posso izer isto à vontade porque o ministro nunca mais apareceu cá, deve andar com dores de barriga).
    Este ano, apenas dois posts: a seguir aos jogos com o Benfica. Era inevitável, obviamente. Isto porque a cada jogo do Benfica sai um post, quase. Do Sporting sai regularmente, do Porto nunca.
    Não me lixem. A azia é óbvia. Meia época passada, e isto depois do entusiasmo que mostraste em relação ao AVB ("A magnífica periodização táctica está a chegar ao Sporting?" lol). Estivesse ele no Sporting, já que no Benfica continua o mesmo, e era dissecado o seu trabalho.
    Já quando a coisa correu mal, era a malhar no Hulk e no Varela, os "burros". O Dí Maria era o que criticavas no Benfica, olha para ele agora. Já o Amorim, apesar de um bom (com b minusculo) jogador, podes (parece o outro e o Pereirinha) crer que nunca fará nada de relevante.

  4. Olá anónimo,

    É verdade que tenho escrito pouquissimimo sobre o Porto. A verdade é que não tenho tido mt tempo disponivel para ver futebol. E tenho optado por ver o Benfica e o Sporting. O único jogo recente que vi do FC Porto foi para a taça da liga, e até podia ter escrito algo sobre esse jogo. Não o fiz, precisamente pq depois de tanto tempo sem escrever sobre o Porto, estando ele a ganhar, não me ficaria nada bem fazer um post depois de ter perdido.

    Vi um pouco do Real este fds (um pouco da 2nda parte) e tb eu fiquei surpreendido com a prestação do Di Maria. Esteve fantástico. Sempre lhe reconheci um talento enorme, mas uma burrice sem fim. Evoluiu mt com o JJ, mas é com o Mourinho q está a dar o salto.

    Quanto ao Amorim, a questão é que eu sei que ele é melhor do que o q todos pensam. É mais por aí que se vai falando tanto nele.

  5. Brilhante análise, tenho também a mesma sensação sobre o Carlos e ele, jogo após jogo, faz por confirmar o que sinto. Ainda neste jogo último há um lance de potencial perigo do Benfica em que Gaitán se encontra isolado pelo corredor esquerdo e Carlos Martins, com a equipa do Leiria desposicionada numa situação de três para três, em vez de fazer um passe em desmarcação para este, optou por virar o seu passe para a direita onde estava Sálvio acompanhado por perto pelo central e pelo defesa direito do Leiria, e assim, numa fracção de segundo em que decidiu mal, o que podia ser uma situação de golo iminente transformou-se em nada. Isto para não falar dos inúmeros passes para No Man's Land que faz por partida.

    Quanto a Rúben, acho que o que o separa do grande Ramires é a capacidade física, o resto está tudo por lá.

    Tenho uma dúvida. Agora com a mais que provável poupança de Sálvio para o jogo com os de Olhão, quem deverá jogar no seu lugar? Carlos ou Rúben? Será o primeiro uma boa opção com Aimar ao mesmo tempo dentro de campo? Estará o segundo em condições físicas de actuar de início?

    Cumprimentos,

    http://www.fundamentalismobenfiquista.blogspot.com

  6. Mas os "Laterais esquerdos" São obrigados a falar do Porto?
    Eles falam de quem quiser.

    Também acho que Amorim é muito melhor jogador do que a maioria pensa. É um dos jogadores mais inteligentes do Benfica, a par de Aimar e Saviola.

    Continuação de um bom trabalho.

    Sou fã deste blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*