Curta do derby

Benfica sem saída de bola. Milhares de erros técnicos (dificuldades na recepção) de Almeida,  Jardel, Samaris (alterna bons momentos onde se percebem qualidades com perdas inaceitáveis) e Lima, e SL Benfica sem qualidade para jogar futebol no corredor central sem estar sempre a errar, a perder e a ver a transição adversária a sair. 
Depois de tantos e tantos erros técnicos (e um deles deu origem ao primeiro golo) o SL Benfica desistiu de jogar e procurou o zero a zero final.
Sporting sempre melhor, sobretudo porque tem melhores jogadores no centro de jogo, mas poucas vezes a procurar o espaço onde poderia ser mais perigoso, permitiu que defensivamente o Benfica fosse controlando. Não forçar o espaço central teve, porém, a vantagem em termos defensivos de nunca ficar exposto ao contra ataque adversário.
Pouca qualidade no jogo. No Benfica por falta de qualidade técnica. No Sporting por uma excessiva lateralização no processo colectivo.
William Carvalho do passado e de hoje, a demonstrar que sozinho é melhor que todo o corredor central do SL Benfica junto! Jonas e Luisão à parte.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3008 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*