Rafa Silva e Grimaldo

Finalmente juntos no mesmo corredor no Estádio da Luz.

Jogo incrível de velocidade de execução, de qualidade técnica e de decisões. Juntos criaram, criaram, criaram. Dois cérebros que aceleram, do corredor esquerdo para dentro.

Rafa tudo o que precisa é de uma série de jogos consecutivos para incrementar confiança e cimentar estatuto dentro do próprio grupo, para que possa demonstrar o jogador incrível que é. Como demonstrou na partida de hoje.

Grimaldo, um verdadeiro prodígio. Um cérebro que decide e executa a mil. Tantas vezes o primeiro desequilíbrio logo na construção.

Somente já bem próximo da época terminar a terem oportunidade de coabitar o mesmo relvado. E que diferença!

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 103 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

8 Comentários

  1. Estou a contar que o Rafa massacre o Ezekiel e o William, à vez. Talvez o Rui Vitoria esta semana o ensine a fazer a chamada antes de rematar.
    Com o Guedes ao lado do Jonas, os defesas do Sporting acabavam o jogo com tonturas.

  2. ninguem me tira da cabeça que o guedes seria um grande ponta no Benfica, jogando ao lado do Jonas. Não é propriamente um goleador mas para isso está lá o Jonas. E já estava a começar a marcar golos. Mais meio ano e marcava regularmente e em jogos importantes. tem um grande remate que so precisa afinação. É rapidissimo e ataca a profundidade como poucos. dá cabo de uma defesa. Ao fim de um tempo já estão fartos de correr atrás dele. Compensava a falta de agressividade do Jonas a defender. Podia trocar com ele de posição facilmente já que ambos podem jogar nas duas posiçôes. Alem disso vai ás alas e está em todo o lado. falta-lhe presença na área, para já. Dificilmente a ganhará mas pronto, não sou vidente.
    Bola atrás do lateral do Sporting para o Gonçalo que leva o central, atrasado. O Jonas ataca a área e o outro central. O Rafa ocupa o centro deixado pelo Jonas, tentando surpreender o William e o Adrien, e o salvio dispara na direita.

  3. Ainda assim continuo a ver muitas lacunas naquele meio campo. No jogo que aí vem o Benfica tem que jogar com 3 médios, se não vai ser difícil ganhar o meio campo. Apesar de haver Fejsa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*