Jogo de espaços e de inteligência.

Se tenho que defender o melhor do mundo por este restaurante todo, sou muito mau… mas se o tiver que defender só nesta mesa, não me escapa…

Cruyff

É incrível o quão têm evoluído os métodos de jogo defensivo. A regra do fora de jogo é hoje usada por uma maioria como nunca antes para preparar a defesa da própria baliza. O futebol tornou-se um jogo onde o espaço é cada vez mais diminuto para quem pretende atacar.

A proximidade de sectores e de defensores entre si, inviabilizam cada vez mais possibilidades de soluções individuais. Para se fazer a diferença no drible e conseguir depois dar seguimento ao desequilibrio provocado é necessário aliar-se o talento e o engenho a uma capacidade para observar tudo e decidir com qualidade.

Só correr e desviar da oposição é cada vez mais insuficiente. Um jogo de músculo é cada vez mais travado na inteligência táctica. Para o ultrapassar, só a mesma inteligência para tomar decisões e a qualidade técnica para em espaços que se reduzem poderão ter impacto.

Por isso jogadores como David Silva, Weigl, Gundogan, Bernardo Silva, Verratti, Pastore, Ozil, Hazard, Kroos, Modric, Isco, Iniesta, James ou De Bruyne são verdadeiramente especiais e os mais capazes de aproximar as suas equipas das vitórias.

 

 

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 109 artigos

Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*