Bolas simples, grandes decisões. Fábio Coentrão.

O lateral canhoto do Sporting, mesmo sem a capacidade de drible e aceleração de outrora, continua a ser o melhor lateral da Liga. Porque à qualidade de posicionamento e das abordagens defensivas, alia uma qualidade técnica e de decisões com bola, que chega a ser invulgar de tão boa, para quem joga no corredor lateral.

Porque o jogo se desequilibra também com decisões simples, a forma como Fábio encontra sempre soluções dentro, e sai das zonas de pressão adversárias, são regra geral o primeiro passo, a primeira ligação para o que se cria mais adiante.

Numa das melhores oportunidades na partida, não só a simplicidade e qualidade da tomada de decisão do “caxineiro”, mas também Battaglia mais solto das amarras da posição seis, a aproveitar espaço para progredir, ao bom estilo que o caracterizou em Braga, orientando condução para dentro.

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3047 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. Pergunta honesta: melhor lateral da liga, mesmo havendo Grimaldo?

    E isto é questionado por um Sportinguista doente.

    Gostava de perceber melhor o que está por detrás da tua opinião, até porque, sobretudo no momento com bola, o Grimaldo é fortíssimo e um verdadeiro desequilibrador.

    Um abraço!

    • E atenção: adoro o Coentrão e acho uma pena que, fisicamente, tenha sofrido tanto, porque se nota perfeitamente que é 1 milhão de vezes melhor do que os Zeegelaars, Jeffersons, Jonathans e outros que tais que têm andado pela lateral esquerda do Sporting. A minha curiosidade é motivada só pela peremptoriedade com que afirmas que é “o melhor lateral da liga”…

    • Porque o Grimaldo defensivamente no 1×1 é muito débil. Muito mesmo… qualquer ala da liga portuguesa lhe causa dificuldades… imagina noutras realidades…

  2. Façam mas é um post do golo de ontem do City aos 95 minutos 😄 aquele golo tem escrito LE por todo o lado 🙂

    De resto, sim sim. Fabeu, ganda LE.

  3. Por acaso reparei neste lance. A rotação do Battaglia para se libertar da pressão adversária é demais. Por acaso já tinha reparado noutros jogos que este processo em específico tem vindo a ser muito trabalhado, só que com outras nuances. Na 2ª parte do jogo contra o Olympiacos há um lance similar no qual em condução pelo miolo, o Bruno chama o Dost. O Dost sai da marcação para dar um apoio frontal e o Bruno solicita a entrada do Coentrão nas costas do defesa por entre o espaço livre promovido pelo arrastamento criado pelo Dost. Se encontrar, mando-te por email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*