Ideias Vs Orçamento – O bonito caso do Dudelange

Em clubes sem grande massa critica e aspirações a títulos, são cada vez mais comuns as ideias de posse, de um jogo aprazível, positivo e atractivo. Valorizando tanto jogadores como treinadores, cativando o publico e chamando a atenção de todos. Se num patamar acima, onde vitórias e exigência tem de estar na mesma frase, essas ideias continuam com os mesmos lideres é uma outra história e um novo post!

F91 Dudelange é o nome estranho do clube Luxemburguês que, ao chegar à fase de grupos da liga europa fez história e se tornou no primeiro do seu pequeno país a conseguir tal proeza. Até lá chegar eliminou o Légia de Varsóvia, campeão polaco e o Cluj, campeão Romeno comandado pelo Português Toni Conceição.

No Luxemburgo há muitos emigrantes e na equipa técnica do Dudelange liderada pelo alemão Dino Toppmoller há um português de seu nome Nelson Morgado, o Nelson e mais uns 6/7 jogadores não são profissionais de futebol, por isso imaginem o que foi sair dos seus empregos para ao fim do dia defrontar o colosso Ac Milan… para terem uma pequena ideia, Higuain chegou este ano ao AC Milan por empréstimo da Juventus numa transferência que envolveu perto de 18 milhões de euros!!! O orçamento anual do Dudelange é de 2.5 milhões!!! Enorme diferença, mas poderiam no entanto alugar um autocarro de dois andares e estaciona-lo em frente à sua baliza para evitar a goleada que todos esperam quando se defrontam equipas do Grão Ducado.

Como orçamentos não ganham jogos, o Milan teve de sofrer bastante na 1ª Jornada, o futebol agradável e positivo dos Luxemburgueses saltou à vista e entusiasma os amantes do futebol. Com uma primeira fase de construção paciente e inteligente, pois como nos transmitiu a equipa técnica do Dudelage, foi identificado que Higuain não pressiona forte e que quem saía na pressão desposicionava as linhas seguintes, foram tentando de pé para pé levar a bola até ás redes de Pepe Reina, sem sucesso, mas a positividade tem de ser destacada.

Destaques individuais para Stélvio Cruz, internacional português pelas camadas jovens, vai para a sua 6 época no Luxemburgo após passagens por Braga e Leiria. E um destaque enorme para o maestro de 21 anos Daniel Sinani, canhoto, criativo, rápido, qualidade de passe e transporte de bola magníficos…a merecer muito, mas muito mais que o campeonato Luxemburguês a acompanhar de muito perto!

 

Dejan Savicevic
Sobre Dejan Savicevic 43 artigos
Treinador, apaixonado por desporto, futebol e treino. Experiência em campeonatos nacionais na formação e atualmente ativo no futebol sénior. Colaborador na área de scouting e análise de jogo, com vários treinadores e equipas do campeonato nacional da Primeira Liga. contacto - galeiras@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*