Curtas de um Benfica encantador

Na recepção a um Nacional desastroso, a Luz assistiu a um autêntico massacre dos encarnados que terminou num 10-0 que poderia, perfeitamente, ter chegado a números bem mais volumosos dada a superioridade avassaladora do Benfica!

  • Entrada fortíssima da equipa de Lage que culminou no primeiro golo antes do primeiro minuto de jogo
  • Mais uma vez, um Benfica super pressionante após a perda de bola e extremamente competente na sua transição defensiva que permitiu exacerbar o seu domínio sobre um Nacional impotente
  • Um festival de ataques à profundidade por parte dos avançados do Benfica perante um Nacional péssimo no controlo da profundidade (Nunca retirou profundidade quando a bola estava descoberta)
  • Além desta capacidade de atacar a profundidade, a equipa de Lage a demonstrar-se cada vez mais competente em ataque posicional. Por fora e por dentro, muitas combinações e um futebol de qualidade estupenda do conjunto encarnado!
  • Incrível jogo de Pizzi, Rafa e Félix. A combinar, a acelerar e com uma variabilidade de movimentos incrível a destruir por completo a equipa insular!

Colectivamente, um Benfica avassalador que até poderia chegar a números estrondosos e como temos referido, a crescer de jogo para jogo. Com o regresso de Jonas, chegará o Benfica ao titulo?!

INSCRIÇÕES PARA O FÓRUM JÁ ABERTAS (AQUI)

Com o apoio da CM Paredes e da Parjovem, com o patrocínio do CGD e da Prozis, e com o RECORD como media partner. – Brevemente divulgaremos mais convidados

Sobre Pirlo 62 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

19 Comentários

  1. O Benfica apresentou uma variabilidade enorme no seu jogo, e não foi só nos ataques à profundidade, mas também à largura. Na primeira parte, facilmente o Benfica criava superioridade numérica no corredor contrário ao rodar rápido o flanco. Na segunda parte, os extremos do Nacional acompanharam os extremos do Benfica ao homem, mas nem isso foi suficiente.

  2. Grande jogatana mas cuidado com as euforias porque o Porto entrará fortíssimo no Dragão qd lá formos. Contará sem duvida com o filho do guarda Abel, bolas de golfe à discrição, 2 ou 3 VARes e a grande surpresa da noite: irão revelar nesse mesmo dia 10 anos de emails de todos os sócios e adeptos do Benfica na esperança de finalmente encontrarem alguma coisa que incrimine o Glorioso.
    Duas notas sobre arbitragem e hipocrisia, porque para mim as regras são muito importantes, até o mais importante do futebol, pois sem regras justas não pode haver futebol.
    Aqui há umas semanas há um lance num jogo do Porto ou do Sporting, já não me lembro, em que o avançado cabeceia a bola que sai ao lado. Meio segundo depois é abalroado pelo guarda redes. Qd é abalroado a bola ou já saíu ou está para sair mas não fica jogável de maneira nenhuma, como é óbvio. Ninguem (os dragartos que pululam pelas televisoes e internet) tem duvidas que é falta. No último jogo entre o Benfica e Sporting o Svilar sai à bola e afasta-a para a entrada da área. Meio segundo depois é abalroado pelo Bas Dost que salta de costas. A bola continua jogável e o abalroamento do Bas Dost impede o Svilar de se fazer ao lance. Os mesmos dragartos não têm duvida nenhuma que não é falta.
    No jogo que acabou de acabar, passo o pleonasmo, entre Feirense e Sporting, há um golo invalidado ao Feirense porque o atacante impede o guarda redes de se fazer ao lance, mesmo estando de costas e parado (para mim é falta mas posso estar enganado). No 2-4 do Sporting Benfica o Bas Dost não só toca como trepa pelo Vlachodimos acima dentro da pequena área. O guarda redes afasta-o e não é marcada falta ao atacante. Pelo contrário, é marcado penalti. Estou para ver o que dizem desta vez.

  3. Esqueci-me de uma coisa importante:
    No clássico do Dragão o Vieira não se sentará na tribuna mas estará lá o Soldadinho de Chumbo a apoiar o dirigismo culto e elevado do Pintaínho. Por cortesia, o Pintaínho passar-lhe-á a mão pelo pêlo ao levar três fotógrafos da revista do jet-set da Marinha. E viverão felizes para sempre. Quando o heroi do Dragão (o Macaco) finalmente conseguir acertar com uma bola de golfe no João Félix, o Soldadinho descerá as escadarias do estádio em apoteose e tirará a camisola que revelará uma mensagem: “Este não é o meu plantel”.

  4. O Benfica anda a jogar bem, sem surpresa, já que passou a contar com um treinador muito mais competente, e quando o anterior é / era particularmente limitado o trabalho daquele que chega é ainda melhor recebido pelos jogadores. O contraste é total. Nesta jornada, vindo de duas indiscutíveis vitórias (uma delas avassaladora) frente ao Sporting, vendo o FCP perder pontos (novamente), apanhando-se a jogar na Luz, era previsível que esmagasse o Nacional. Só é pena que na CI Bruno Lage exibisse a postura tão típica do benfiquismo relacionado os 10-0 com ‘os astros e dia 10 temos uma homenagem ao grande nº 10 que foi Chalana’ e coisas desse tipo como se essa merda interessasse para alguma coisa. Dá-se um desconto porque ao fim do dia aquilo é o Benfica mas em todo o caso fica a nota. No que realmente interessa, o Benfica tem aqui um treinador para 2 ou 3 anos e uma oportunidade muito boa para recuperar a hegemonia reconquistada mas entretanto perdida com a saída de JJ em 2016. Ainda assim, apesar das aparências, o FCP permanece favorito nesta temporada. Como é evidente, favoritismo não é garantia de sucesso.

    Espera-se ansiosamente pelo encontro entre as duas equipas no Dragão.

      • E eu que ia jurar que o Vitória foi tri, tetra e ganhou uma taça nos dois anos a seguir ao Chiclete ter saído da Luz, além de ter chegado aos quartos e oitavos da Champions, mas deve ter sido a propaganda lampiónica a enganar-me.

      • Inveja de quê oh minha barata tonta?
        Rui Lage: “E a partir daqui, e eu hoje eu senti isso, eu senti que os astros alinharam, senti que no dia 10 há uma homenagem ao Fernando Chalana, há o público a puxar pela equipa.”

        Pronto. Que maravilha. Esta faceta 400% bimba / simplória / tagarela do Benfica não surpreende quando em tempos instrumentalizou a morte de um jogador de futebol durante largos meses para se motivar e fazer apelos emocionais bacocos, como se a morte duma pessoa (seja lá qual for) tivesse alguma coisa a ver com ‘vamos dar tudo pelo Fehér’, isto com o Húngaro já morto. Agora é o Chalana. Morreu? Vamos então aproveitar para dizer que o ‘público foi extraordinário e ganhámos por 10-0, porque somos todos do Benfica’. Os pais de Fehér a pedir silêncio e que respeitassem a família do jogador e dia-sim-dia-sim o Simão e meio plantel do Benfica e dirigentes tocavam no assunto, como se jogos de futebol amenizassem a tragédia que se abateu sobre todos aqueles que eram próximos do jogador. Miseráveis.

        • Oiça, você sabe lá o que é o Benfica e não tem qualquer conhecimento para vir falar sobre isso. Só nós sabemos o que nos custou ter vivido aquela noite do Feher. Tenha respeito. Vir com estes argumentos para classificar um palavreado inócuo numa ocasião completamente distinta só o classifica a si. Que palhaçada de thread que praqui vai, Nobody incluído. Já para o quarto!

  5. Bem, hoje tirei o dia para escrever sobre o que anda à volta do Futebol. Tambem, o jogo não tem grande coisa para dizer. Foi muito bem jogado pelo Benfica mas apresentar-se com a defesa quase no meio-campo na Luz contra o Benfica, que conta com duas motas, o Rafa e o Seferovic, e ter continuado assim depois dos 20 minutos, é mau demais para se poder sequer chamar ao Costinha de treinador. Foi pena não ter ficado só 4 ou 5 para podermos ouvir aqueles chavões que muitos treinadores gostam de repetir: “Viemos jogar olhos nos olhos.” “Fomos fieis às nossas ideias.”
    Mas vamos ao que interessa:
    Vejo muitos Brunistas do Benfica (os tais 10% que irão votar no RG da …) a criticar o Vieira por ter dito num programa de entretenimento, e num contexto especial, que ainda vamos ter saudades do Rui. Nesta sociedade cada vez mais cínica ninguem pôs sequer a hipotese de que o Vieira estava a ser humano e simpático com o Rui, que é um benfiquista, que tinha recusado propostas muito vantajosas ao nivel financeiro para poder continuar na Luz e que tinha sido sempre leal com a direcção e, consequentemente, com os benfiquistas.
    também acho piada ao que disseram, e continuam a dizer, sobre o Vieira ter visto a luz e ter mantido o Rui por mais umas semanas. Ninguém ainda pôs a hipotese de o Vieira ter dado tempo ao Lage para se preparar para assumir as rédeas, estudando os adversarios da primeira liga e ponderar a melhor maneira de entrar como treinador em circunstancias adversas, para não pôr em risco uma aposta num treinador que já seria a aposta no futuro (esta propaganda miserável de que o JJ já tinha tudo acordado para voltar à Luz em Janeiro ou na próxima época só mesmo neste jardim à beira mar plantado, quando até aposto que nunca mais põe os pés no Glorioso.). No meio disto tudo vi uns 90% de jornalistas a garantirem que a vontade do Vieira era trazer o JJ, quando nem os vices sabem o que o Vieira vai fazer. Mas só acredita quem quer, ou quem é…

  6. Podem dizer o que quiserem mas sabem o que deixa contente no jogo contra o nacional? Ter 3 jogadores da formação com potencial grande e ver que se mantiverem a mesma estratégia mais virão sem que com isso segnificar decréscimo de resultado a ou exibições.

  7. Vou recuar ao jogo da taca da liga. Futebol é o momento e o momento do Benfica é de superior classe. Fixa a pergunta quantos jogadores do porto jogariam ontem naquele jogo dos que tiveram em moreira de.conegos? Se calhar nenhum. Dai eu me ter revoltado com tamanha questão.

  8. Incrível num blog que parecia querer fugir ao lixo do facciosismo dos outros blogs, tem users a conspurcarem os comentários sem moderação alguma!
    Em relação ao jogo, quando aos 30 segundos, já estão a sofrer o primeiro e num lançamento os jogadores do Nacional, metem a bola no jogador do Rival ?
    No livre do Jonas, o Ruben Dias até festeja antes do redes frangar! Não acreditam? Vão ver !
    Depois de se saber que há clubes, que fazem contratos com opções de compra de planteis inteiros doutras equipas ?
    O Braga levou seis, com o Rui Vitória…. e estava todo satisfeito, no final!
    O plantel do Benfica, dá para limpar o campeonato Português! Raios se o Marega foi rei o ano passado, neste campeonato periférico!
    O Fosso entre as equipas vai aumentar, mas há um clube que foi completamente contra a centralização dos direitos TV, clube esse que é unico no mundo, a ter os jogos transmitidos em EXCLUSIVO quando joga em casa…
    Mas imagino se era o Fcporto a golear, uma equipa cujo treinador passou pelo Porto!
    Nem nas distritais ou camadas jovens! Isto diz tudo, da qualidade do futebol em Portugal…

    • O Porto goleou este mesmo Nacional por 7-0. Aí ninguém disse nada sobre o “futebol português”.
      7-0 tudo bem, mas 10-0 já é um escândalo e deve levar a grandes reflexões.

      Please…

      • MS o Simões, veio pôr o dedo na ferida! Mas os adeptos não percebem que se está a matar o futebol português!
        Os 7 ao Nacional, foi no tempo do NES!

        • O que tem ter sido no tempo do NES? Qual é a diferença? Volto a perguntar: 7 é na boa, 10 é crime?

          E porque é que dar 10 ao penúltimo classificado “mata o futebol português”, mas vencer 20 jogos seguidos não mata?

          Quantos exemplos de resultados extremamente avultados querem? Arranjo vários, em vários campeonatos europeus, do inglês ao espanhol, do italiano ao holandês.

          Estas hipocrisias incomodam-me sobremaneira.

  9. O Paulo Malheiro escreve isto: “Incrível num blog que parecia querer fugir ao lixo do facciosismo dos outros blogs, tem users a conspurcarem os comentários sem moderação alguma!”

    E depois a seguir lanças-se numa teoria da conspiração completamente absurda dando a entender que o Benfica ganhou com um arranjinho qualquer obscuro que envolve clubes e empréstimos e jogadores e sorrisinhos no final do jogo e tal.

    Coitado do Abel, que cumprimentar o adversário com um sorriso não faz dele uma pessoa educada e bem formada, faz dele um potencial corrupto!

    O Rúben até festejou antes da bola entrar, valha-me Deus – uma coisa que nunca ninguém faz na vida, adivinhar o desfecho de um lance! Porque como é óbvio a experiência e a percepção dos lances ao nível do campo não incluem nunca adivinhar o desfecho provável de uma jogada, um remate, uma trajectória desviada pelo adversário e que geralmente costuma enganar os guarda-redes!

    Só falta defenderem aqui que o homem nunca foi à Lua e que a Terra é plana.

    Acho que o Lateral Esquerdo está a ser vítima do seu próprio sucesso e precisa urgentemente de moderação. Estou a começar a ver aqui os disparates e a clubite aguda que vejo nos comentários às notícias dos pasquins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*