O ano de Shoya?

Há jogadores cujo “hype” ao seu redor é totalmente justificado. Pelo que é capaz de criar em termos ofensivos, o japonês Shoya Nakajima é um dos que tais.

Sérgio Conceição prepara a sua integração no modelo que desenha da forma que mais pode ao mesmo tempo potenciar Shoya, mas também daí retirar dividendos para o colectivo azul, protegendo-o no processo onde terá mais dificuldades, e potenciando-lhe as virtudes.

Defender na ala no 4x4x2 é o ideal para Nakajima, afinal:

  • A responsabilidade de fechar corredor lateral é muito menor que a de quem joga por dentro, no processo defensivo;
  • O modelo de Sérgio permite que os alas apenas se envolvam quando a bola está no seu próprio corredor, evitando desgaste maior. E portanto, Nakajima terá sobretudo de preocupar-se defensivamente com um espaço menos importante e somente quando o ataque adversário por ai se desenha.

Mas também do ponto de vista ofensivo, Sérgio encontrou o espaço ideal para o japonês deixar marca na presente edição da Liga:

  • Nas saídas em Transição Ofensiva, está no espaço de: Ou saída – quando recebe – e aí pode acelerar em condução com espaço, onde faz toda a diferença e ganha notoriedade; ou na saída pelo ponta, no espaço dos homens que atacam a profundidade aparecendo para finalizar.
  • Em ataque posicional, nunca os alas da equipas de Sérgio Conceição ocupam os corredores laterais, que não por movimentos para fora. Mostram-se e recebem por dentro, podendo Nakajima fazer a diferença nos espaços curtos, a ligar ofensivamente o jogo no corredor central.

Alguns pequenos recortes do japonês em momento ofensivo na partida de ontem, que ajudam a explicar onde pode chegar com o papel que lhe é reservado:


MAIS CONTEÚDOS EXCLUSIVOS  na página de patronos deste projecto. Recordamos que 1 dollar mês será desde logo uma grande ajuda, e suficiente para poder ver tudo o que é por nós produzido


A estreia de Zé Luís (aqui)

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3618 artigos
Pedro Bouças - Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

1 Comentário

  1. Parte mais uma vez o Sporting atrás dos outros dois candidatos?? Onde poderá o Sporting melhorar para poder chegar mais perto?? A diferença é visível mas será que depende dos jogadores? É que não consigo ver aquisições acessíveis q o Sporting poderá fazer para subir o nível…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*