O que nunca faria seria esperar

Gerardo “Tata” Martino atual treinador da Seleção Mexicana onde venceu a Copa Ouro da CONCACAF em 2019, já teve passagens com títulos por Libertad, Cerro Porteño, Newell’s Old Boys, Barcelona e Atlanta United.

Tata Martino tem também experiências por outras seleções. Dirigiu a Seleção Paraguaia que obteve a melhor classificação do país em uma Copa do Mundo da FIFA no ano de 2010, Mundial onde atingiu os Quartos de Final, e um ano depois na disputa da Copa América ficou com medalha de prata após perder com o Uruguai na grande final. Anos depois Martino assumiu a Seleção Argentina e por mais duas vezes as suas possíveis conquistas acabaram a bater na trave na disputa da Copa América onde perdeu em finais seguidas com o Chile.

Antes de se tornar treinador Tata jogou profissionalmente grande parte da carreira pelo Newell’s Old Boys e foi lá onde se formou e obteve grande influência de seu estilo de jogo, afinal foi no clube argentino treinado por… Marcelo Bielsa.

Mais tarde depois de tornar-se treinador Tata voltou ao clube argentino, mas agora para ajudar fora das quatro linhas. Durante sua passagem Gerardo foi entrevistado pela Fox Sports do país, e lá deu a declaração de que é contra quem tem qualidade e não ataca.

Para ele esperar não é uma opção, tens que encontrar alguma estratégia que te permita ser ofensivo de acordo com os teus jogadores mesmo que não tenhas nenhum com qualidade técnica melhor que o adversário.

“Posso ter 10 jogadores de menor qualidade técnica, mas posso ter 10 jogadores de melhor qualidade física, e se pode correr pode pressionar.”

CLICAR NA IMAGEM

Follow
Follow
Hagi
Sobre Hagi 22 artigos
Leonardo Charamitara - Estudante de Educação Física e do futebol, tenho 20 anos, administrador da página @analisedefut no Instagram e o perfil pessoal como @leo_charamitara

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*