Weigl – Equilíbrio Central

O primeiro jogo televisionado do SL Benfica permitiu perceber o papel que Jorge Jesus guarda para o médio alemão Weigl.

Weigl é o homem dos equilíbrios defensivos no momento de Organização Defensiva, e Transição. Articula o seu posicionamento com o dos defesas, ficando responsável por ocupar a posição de central sempre que um central sai – Com bola no corredor lateral ou aproxima cobertura, ou ocupa posicionamento como defesa para responder a cruzamento, se o central já aproximou da bola.

A Weigl cabe analisar espaço defensivo e preencher qualquer posicionamento prioritário que esteja desguarnecido. Seja à frente da linha, seja integrando a linha. Não tendo uma cadência de passada ou resistência física que lhe permita ter o impacto defensivo que outros médios de nível mundial têm no modelo das suas equipas (Como Goretzka, por exemplo), Weigl compensa com inteligência para estar no local certo na hora exacta.

As “skills” em posse são desde sempre um forte trunfo do seu jogo, e com Jorge Jesus tenderá a aumentar competência sem bola, reunindo condições para ser um médio defensivo de grande impacto em todo o jogo do Benfica.

Já és nosso Patrono? A caminho dos 400 ❤️?⚽️
Por 1$ mês acesso a conteúdo exclusivo:

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3756 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Aguardava a vossa analise sobre o weigl, tal como aguardo a do cervi a LE, onde creio que terá lugar no benfica nesta posição.
    Sobre o weigl, acho que não terá sucesso no benfica a 6 jogando apenas com um trinco. Creio ser jogador a 6 com dois trincos, onde faz a 1ª saida ou talvez um 8 com com parecenças com o Joao Mario!!!
    Mais depressa vejo o gabriel a 6 do que o weigl. Aliás, no meu entender este foi um dos problemas principais do benfica na segunda volta, a “imposição” de weigl.
    Tem bom toque de bola, visão, passe, mas falta o fisico e agressividade no ataque à bola, enquanto medio defensivo. O posicionamento de cabeça de area/cobertura aos centrais já é visível neste video, o que não aconteceu nesta segunda volta, explicando aqui, alguns erros iniciais do ferro.
    O ferro e o florentino tenho tremenda curiosidade de saber se o JJ os aproveita! Creio serem jogadores para outro nivel, se melhores trabalhados e se evoluirem a componente fisica sem perderem a velocidade. Gostei bastante do ultimos jogos do florentino.

    Cpts a todos.

    • Tal e qual. Vejo o Weigl muito mais como um 8 do que como um 6.

      Gostaria de o ver a jogar ao lado do Florentino. Aliás, o JJ sempre jogou com um trinco bastante recuado, Javi, Fesja ou Matic sendo que os primeiros apesar de não terem a saída de bola do Matic foram bastante bem sucedidos com o JJ e acho que o Florentino tem características semelhantes aos primeiros dois, jogo posicional muito forte, faltou-lhe sempre alguma agressividade mas isso também se treina.
      Um meio campo com Weigl e Tarabt ou Gabriel será sempre muito premeável porque são jogadores que jogam para a frente e não têm corpo para os choques físicos que a posição de 6 exige. Dá para 80% dos jogos em Portugal, mas quando o Benfica joga com equipas mais fortes ou que levam o jogo para o lado físico, as coisas não correram bem, como se viu a época passada.

  2. Boa tarde,
    Confesso que a ver o jogo em direto não tinha ficado com a percepção que fosse um bom jogo do Weigl, até porque o adversário tinha muitas transições que o Benfica não me pareceu na altura saber lidar com elas, até sendo sincero me pareceu que as dificuldades da época passada estavam la sempre que passavam a fase de pressão …
    Por outro lado, o meu palpite inicial e que teríamos o Florentino a 6 a crescer com o JJ e o weigl a ser transformado num 8 com outra rotação.
    Maldini, já agora o que dizer do Gabriel foram poucos minutos é certo, mas a impressão com que fiquei e que entrou em modo frete com uma lentidão impressionante, não percebo onde foi parar aquele monstro que existia na primeira época do lage.
    Abc

    • Nem um nem outro são lentos.
      Aliás, ambos pensam antes que quase todos os outros que por ali andam e conseguem executar aquilo que pensam. O que não é pouco.

  3. Quando diz que o Weigl utiliza a inteligência para tapar espaços, então o Fejsa era o quê? O homem mais inteligente do mundo? É raro vermos o alemão a tapar espaços e a antecipar a linha de bola como o Fejsa fazia, ou como o Tino faz. Um 6 não se pode limitar a andar a passear pelo campo. Tem de ser um jogador rijo, forte na luta de bola, inteligente a antecipar espaços e linhas de passe. Não é so descer para o meio dos centrais e passear a camisola. Eu vejo mais este homem como um 8, que como um 6. Penso que um meio campo com Tino e alemão faria a dupla melhor que a que lá está agora. Este alemão tem bons pés para ser um 6. Um 6 destroi e estanca a equipa. E se tivermos sorte, sai a jogar. Tivemos muitos bons 6 com Jesus, Javi Garcia, Matic…
    Este homem defende mal, não tem intensidade nem inteligência para uma posição tâo importante no planeamento de Jesus. Se andam a gastar 20M a toda a hora e não querem usar o Tino, que usem num 6 como deve ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*