Defender Espaços e aí defender Homem, e nunca o contrário

Não pretendo vencer qualquer discussão sobre qual o melhor método para defender as bolas paradas, apenas transmitir aquele que considero mais passível de nos guiar ao sucesso, trazendo um exemplo contrário.

Quando defendes, o mais importante é sempre defender os espaços de onde poderá surgir o perigo. E dentro desses espaços, aí sim pegar no oponente, encostando, dificultando gesto e movimento. Mas, antes do homem, o espaço. A zona.

Trago o golo da Bélgica perante a Finlândia, para se perceber dificuldades do método Homem ao Homem na defesa da bola parada:

Sobre Paolo Maldini 3789 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*