O melhor primeiro toque da Liga

Há também Luis Diaz, e ainda mais Rafa Silva, que se especializou a desequilibrar todo o jogo logo na forma como recebe, mas é Bragança quem não apenas nunca erra no primeiro contacto com a bola, como ainda contorna pressão. Ora recebe abrindo para de frente para o oponente encontrar saída se este sobre si investir, ora encontra soluções para girar mesmo que a pressão esteja tão próxima que impeça recepção aberta. Uma delícia acompanhar o grau de pormenor e qualidade com que trata a bola – Repare que o segundo toque é regra geral sempre com o pé diferente daquele que recebe a bola. Porquê? Para ser mais veloz! enquanto o pé que recebeu a bola vai assentar no chão, com o outro já direcciona o ataque.


Rating: 5 out of 5.

Sobre Paolo Maldini 3808 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*