Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3331 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. Eu recordo-me. Pouco o vi jogar, pois só comecei a ver futebol a sério uma época depois do seu acidente, mas tenho as cassetes das épocas de 92/93 e 93/94 e aí sim vi o seu futebol. Não era um portento de técnica como Balakov mas tinha-a em muito mais quantidade que Iordanov, isto falando dos 3 búlgaros que co-habitavam no balneário do Sporting nessa altura. Um jogador que tinha uma carreira à sua frente e cujo destino resolveu pregar uma grande partida. Espero que no resto da sua vida depois disso tenha tido mais sorte noutros aspectos.

    Neste vídeo falta um grande golo que marcou ao Benfica em 92/93 em Alvalade, num jogo em que Iordanov também marcou e o Sporting venceu por 2-0.

  2. Normalmente quando um jogador tem um fim trágico toda a gente faz dele um super craque (Feher é exemplo disso, 5 minutos antes de falecer todos nós benfiquistas diziamos que não tinha qualidade para estar no clube), mas neste caso o homem era mesmo bom jogador.

    Venancio – Cherbakov não era bulgaro, era russo ou ucraniano (naquela altura nem eles sabiam de que pais eram mesmo)

  3. Exacto, era ucraniano. Faço um mea culpa, por acaso pensava mesmo que era búlgaro. E sim, também tinha a sensação que tinha sido o Cherbakov a marcar o golo que foi do Balakov. Mas o Cherba não marcou ao Benfica nessa época? Talvez para a taça? Ou na época seguinte? Ou então estou a fazer confusão e ele nunca marcou ao Benfica… Mas tinha a impressão que sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*