Santigo Arias, James e Ortega.

white corner field line on artificial green grass of soccer field
Santiago Arias. Haviam chegado comentários comparando o lateral colombiano, ao brasileiro Maicon. Tal entusiasmo reporta-se ao jogo da jornada inaugural do Mundial de sub 20. O comentário seguinte, tem por base a observação do jogo ante o Mali. Porque a opinião é tão contrária ao que seria expectável, depois de tanto entusiasmo ao redor de Arias, fica a curiosidade de ver o tal jogo da primeira jornada. Se conseguirem descobri-lo pela web, a caixa de comentários está ai. Contra o Mali, Arias foi o oposto de Maicon. Não transpôs a linha de meio campo por mais de dois, três pares de vezes. Percebe-se que fruto da estratégia do seleccionador colombiano, uma vez que foi ao lateral esquerdo, o muito mais veloz, mas não necessariamente assertivo Quinones, que coube explorar a profundidade. Ao longo de todo o jogo sucederam-se as más intervenções técnicas de Arias. Maus passes e más recepções, traduziram-se num número anormal de perdas. Aparente pouca disponibilidade física, pela forma como das pouquíssimas vezes em que participou no ataque, recuperou sempre a passo, independentente de por vezes, o seu espaço defensivo estar a ser explorado pelos africanos. Arias não pode, de forma alguma, ser o que mostrou frente ao Mali. Terrível, a primeira impressão.
James. Fantástico. Uma classe impressionante, bem visível a cada tomada de decisão. É um jogador incrivelmente adulto para a idade que tem. Boa técnica, e com liberdade para se mover a toda a linha na frente de ataque, mostrou ter soluções para as diversas situações de jogo, mesmo quando parece numa encruzilhada. Joga a poucos toques e de cabeça levantada. É uma das figuras do Mundial.
Ortega. Uma referência para alguém que não joga na Liga portuguesa. Que bem joga o baixinho. Na linha do estilo de centrocampistas que podemos observar na catalunha, Ortega tem soluções técnicas que não parecem ter fim. Rápido a decidir e executar, joga e faz jogar. Francamente bom. Joga no México, e seguramente que em breve estará nos holofotes europeus. Para si que aprecia comparações. Iniesta!
Sobre Paolo Maldini 3770 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*