Sudamericano 1a fase. Quintero (associado ao SLB) e outros destaques individuais.

Augustin Allione. Argentina. 18 anos. Extremo direito. Pouquíssimos, mas impressionantes minutos em campo no Sudamericano. Enorme qualidade técnica, velocidade de execução e responsabilidade. Enorme desequilibrador inexplicavelmente preterido por outros colegas menos capazes. 
Dória. Brasil. 18 anos. Defesa central. Veloz, agressivo e com qualidade técnica. Muito potencial para ser explorado. Difícil não chegar e em pouco tempo à Europa para criar impacto.
Nieto. Colômbia. 20 anos. Médio ofensivo. Inteligência, maturidade, qualidade técnica e boa tomada de decisão. Mais um centrocampista interessante a nascer na Colômbia.
Quintero. Colômbia. 20 anos. Médio ofensivo. Melhor jogador da primeira fase. Criatividade, criatividade e mais criatividade. Enorme qualidade técnica, boa tomada de decisão, tudo aliado a um pé esquerdo sensacional. Qualidade que nunca mais acaba.

Rojas. Paraguai. 20 anos. Extremo direito. O jogador mais veloz do Sudamericano. Desequilibrador pelo seu bom drible e enorme velocidade. Ainda à procura de maturidade e de melhores qualidades na definição final das jogadas em que participa. 
Cordoba. Colômbia. 19 anos. Ponta de Lança. Algumas parecenças com Jackson. Um jogador muito físico.  Muita força e velocidade. Excelente capacidade para procurar a profundidade. Fica a faltar saber como joga dentro do bloco.
Lichnovsky. Chile. 19 anos. Defesa Central. Boas qualidades físicas e técnicas. Importante no ar, mas também com qualidade para jogar pelo chão. Interessantes as suas decisões sem bola nos momentos defensivos.
Rabelo. Chile. 18 anos. Médio Centro. Grande qualidade técnica. Muita maturidade para os seus “curtos” dezoito anos. Qualidade de passe e de decisão. Jogador decisivo na primeira fase do torneio, pelas linhas de passe que sempre oferta ajudando a equipa a manter a bola, e pelo seguimento que dá à bola. Um dos mais interessantes do torneio.
Lopez. Uruguai. 19 anos. Avançado ou Extremo Esquerdo. Muita velocidade, quer na passada quer na execução. Grande pé esquerdo, a demonstrar enorme qualidade quer na condução quer na finalização.
Vietto. Argentina. 19 anos. Avançado. Parecenças com Saviola. Muito inteligente, sempre com boas decisões e qualidade técnica ímpar, sempre a procurar as melhores opções para a sua equipa. É franzino, e foge à morfologia do típico avançado centro. Tem, porém, enormes qualidades para oferecer. Criatividade e inteligência.
Mansur. Brasil. 19 anos. Defesa Esquerdo. Qualidades físicas e técnicas importantes. Muita velocidade e força e bom pé esquerdo. Muito para evoluir posicionalmente (estava inserido num mau colectivo), e na tomada de decisão. Muito potencial, todavia.
Baeza. Chile. 19 anos. Médio Centro. Protótipo do novo médio chileno. Baixo centro de gravidade, muita qualidade técnica (passe/recepção), primazia pela posse com velocidade de execução. Os baixinhos jogam muito à bola!
Alan Ruiz.19 anos. Médio ofensivo. Parece jogar devagar. Engana, todavia. Procura as melhores opções. Tem criatividade e qualidade técnica. Formou com Vietto uma dupla interessante numa selecção colectivamente à deriva. Falta-lhe alguma agressividade defensiva na ocupação do espaço. Nada que não se possa trabalhar. O potencial está lá.
Castillo. Chile. 20 anos. Ponta de Lança. Grande presença na grande área, fruto de capacidades físicas impressionantes. Muita força e muita agressividade a atacar as zonas de finalização. Muita qualidade a finalizar no ar e no chão. É um ponta de lança com imenso potencial para somar muitos muitos golos no futuro. 
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3331 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*