Os melhores que o jogo me deu.

A história do jogo ditou que os dois melhores que o mundo já viu tivessem de se cruzar e construir juntos o maravilhoso futuro do jogo.
E assim foi, durante largos anos, a simbiose perfeita. Messi criava para Guardiola aplaudir.

O futebol pertence aos futebolistas…

Eu quando era futebolista sentia que quando eu tinha a bola nos pés eu é que dominava o jogo…

Nós o controlámos daqui (referência à apresentação táctica que esteve a fazer), e está tudo bem, recebo aplausos. Mas depois o árbitro apita, iniciamos o jogo, e aí “tu pintas quadros”…

O futebol pertence a eles. Nunca, nunca, nos podemos esquecer disso…

Nós os dois ganhamos muito, mas não poderíamos ter ganho tanto sem ele…

Tu podes controlar tudo isto (mais uma vez referindo-se ao que é táctico – trabalho do treinador) mas chegas perto da área, recebe uma bola rodeado de 4 e mete-a no ângulo… Que influência tenho eu nisto?!

Outro depoimento (e que depoimento), aqui.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3011 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*