Bruno César para o onze. Jesus e a importância do treino.

O Sporting tem problemas individuais graves, na frente, por não jogar com jogadores com capacidade de desequilíbrio individual no último terço. Sabendo-se da dificuldade da equipa em marcar golos, Bruno César, saindo Carrillo, é o seu sucessor natural. Alia grande qualidade técnica à uma velocidade de execução tremenda. Inteligente na forma como procura o último passe, e veloz na passada como Jesus gosta. Fortíssimo na finalização. Poderá não estar nas melhores condições agora, mas estará de certeza em condições para entrar no onze assim que Jesus quiser. É a solução que o treinador procurava, a tal criatividade individual, tão necessária no seu modelo de jogo para partir equipas mais compactas. Sendo que não há muita qualidade na frente do Sporting, “Chuta-chuta” vai ser fundamental no desfecho do campeonato, e no sucesso que o Sporting possa ter. 

Percebe-se que para um treinador o mais importante é o treino, e o trabalho que ele desenvolve com os jogadores, bem como as relações que os jogadores desenvolvem entre si, quando opta por retirar Bruno César da competição até Janeiro, dando-lhe já tempo de trabalho dentro da sua ideia de jogo. Poderia, para alguns treinadores, pensar-se que o melhor seria o ritmo competitivo. Mas em competição, e para quem trabalha de forma tão específica, o mais importante é o ritmo de aquisição de comportamentos colectivos e o conhecimento das competências e do perfil dos colegas de equipa. É um grande golpe de Jesus ter Bruno César já, ainda que não jogue. Quando aparecer, estará muito mais preparado do que se estivesse a competir pelo Estoril. 
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3042 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*