A excelência colectiva protege mais nos jogos grandes? FC Porto vence na Luz.

Fica a questão. 
Nos jogos perante adversários mais dotados seja individualmente ou colectivamente as situações de jogo reproduzem-se com maior velocidade e são definidas com maior qualidade. Aí tudo importa. O centímetro, o metro. O baixar ou o subir no tempo e na coordenação certa.
Um Benfica de criação fácil. Talvez o Benfica com maior chegada ao “golo” nos desafios contra o FC Porto dos últimos tempos. Enfrentou um guarda redes inspirado e quando era necessária a excelência posicional para continuar à procura da vitória, sofre um golo que poucas equipas da Liga portuguesa sonhariam almejar tal o grande trabalho das individualidades do FC Porto. Contudo, foi pela inexistência da tal excelência, tão presente noutros tempos que o caminho foi facilitado.
Um posicionamento alternativo tão comum noutras épocas seria:
A segunda parte AQUI!
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3008 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*