Da série – Passes verticais que queimam linhas

No último post enquanto se falava sobre o encanto ofensivo de Lindelof, foi afirmado: “Procura do passe dentro que queima linhas sempre uma constante sempre que possível”.

Quem segue o blog desde sempre saberá o que se pretende dizer, e o porquê da importância de ter quem em passe quebre as linhas adversárias. Hoje o terceiro golo do Borussia Dortmund surge após uma série quase infindável de passes. Talvez todos se centrem no número de passes e no tempo em que a posse se manteve nos alemães.
Contudo, o impressionante mesmo foi o passe que desequilibrou toda a estrutura do Tottenham. Para quem não percebeu o que é o “passe dentro que queima linhas”. Por vídeo e por imagem, Weigl.
Ao minuto 3’25”

Todo o Tottenham atrás da linha da bola e organizado

E em apenas um passe interior e por entre as linhas inglesas, apenas a última linha inglesa entre bola e baliza! Um passe a eliminar mais de metade da oposição
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3008 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*