A primeira parte de Cristiano.

O seu melhor período no jogo. Não conseguiu regra geral enquadrar na recepção, nem conduzir fixando. Demasiadas vezes a perder tempo com as suas pedaladas e outro tipo de show off inócuo, mas ainda assim, não foi na primeira parte que condenou as aspirações portuguesas. Apareceu com qualidade na finalização onde poderia ter sido mais feliz. Decidiu neste período bastante melhor que na segunda parte e ainda respeitou algumas movimentações dos colegas. É praticamente incapaz de desequilibrar em condução. Todavia, mesmo estando a léguas dos melhores do mundo em tudo o que não seja finalizar, não fez uma primeira parte horrível. Apenas não acrescenta. E se a bitola são de facto os melhores… a distância é muito grande. E não, não foi um jogo. São praticamente todos.

Quando não marca, já se sabe e já se debateu inumeras vezes a qualidade das suas prestações…

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3010 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*