Ryan Gauld

Muitas opções para o meio campo do Vitória, e todas de valias próximas, e quem sabe a personalidade própria de um introvertido Ryan Gauld, foram Este conteúdo só está disponível para subscritores. Por favor, contacte lateralesquerdo.com@gmail.com para mais informações ou visite a nossa página Patreon.

[wpadm-login]

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

4 Comentários

  1. Nunca jogará no Sporting de Jesus, infelizmente, porque há Elias, Meli, Paulista e outros fetiches sul americanos para potenciar.

  2. Nunca o tinha visto jogar e afirmo já sem medo nenhum que tem lugar nesta equipa do Sporting, à semelhança do Geraldes, do Podence e do Iuri. Só que a experiência e o camandro são muita impartantes…

  3. Sempre foi dos melhores jogadores da equipa B nos anos em que cá esteve.
    Foi em muitos dos jogos o jogador com mais recuperações de bola da equipa, num plantel com Palhinha, Fokobo ou Wally, um pouco para acabar com a falácia de que ele é 0 defensivamente.

    Pena que tenha sido constantemente abafado o seu protagonismo na equipa pela imprensa, sedenta de queimar mais um “novo qualquer coisa” ou queimar o próprio BDC pela suposta contratação mais cara da sua era, quando o puto custou metade do que custou o Vitor Andrade ou 1/3 do Jovic.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*