Derby eterno. Defendeu-se melhor do que se atacou.

Controlo da profundidade, proximidade de sectores, fechar espaços, garantir coberturas, movimentar em conjunto defensivamente.

Após a recuperação, menos qualidade do que nos momentos defensivos.

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3046 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

7 Comentários

  1. Este Jj com uma equipa como a do Porto, era um caso sério!!!!

    Benfica com grimaldo cresce bastante em quase todos os momentos do jogo!

  2. Jogo fraquissimo das duas equipas.

    Jorge Jesus não vai ganhar nada no Sporting, e neste momento é parte do problema e não da solução. Numa altura em que no Sporting se devia preparar o futuro, ainda está preso ao passado e cheio de vontade de aproveitar a sua cotação dentro da estrutura para repetir na próxima época os erros desta.

    Já estou pronto para levar com mais um camião de Melis na próxima época.

  3. Entre os 45m e os 65m o Sporting conseguiu sair deste colete de forças. Que alterações estratégicas de parte a parte o justificam? Obrigado!

    • Essencialmente devem ter sido indicações ao intervalo.

      Fiquei com a sensação que a entrada de Jiménez (58′) tirou alguém do meio campo do Sporting (William?) e Pizzi ficou com maior liberdade de movimentos, o que voltou a “aconchegar” o SCP.

  4. Eu acho que nesse período deste jogo, à semelhança de toda a época, o bom jogo interior de Alan Ruiz coincidiu com o melhor futebol ofensivo do sporting. Não será de certeza o único factor, mas parece-me preponderante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*