No campo ou na nave. Jogar para viver.

No seguimento do último texto, terminei a noite a ouvir episódios relatados apaixonadamente por quem os vivenciou!

O que recorda da sua formação um jogador marcante e internacional do futebol português? O tempo de espera para o treino em Alvalade, que era preenchido com jogos de futebol, pois claro. Em plena nave de Alvalade, as balizas de hóquei serviam perfeitamente para que jovens jogadores… jogassem, enquanto aguardavam pela hora do treino.

Era o momento favorito do dia de um grupo que viu alguns dos seus terem impacto no futebol português.

Na rua, na nave, ou simplesmente em cada intervalo da escola. Pouco importa o espaço ou o momento. Importa a prática que contribui para o desenvolvimento da habilidade motora e técnica. O crescer vivenciando, experimentando continuamente o jogo.

Não há qualidade que se exponêncie sem prática. E praticar tem de ser repetir. Estar sempre próximo da bola e tocar-lhe e intervir frequentemente. Jogar! Sem filas de espera, sem limitações.

A sociedade actual evoluiu para tempos em que será bem mais difícil nos dias de hoje voltar a surgir em Portugal uma geração que possa orgulhosamente ser apelidada de “Brasil da Europa”. Porém, tudo o que se puder fazer para permitir a prática despreocupada dos mais jovens será determinante.

Paizinhos, proibir-lhes o dispêndio de energia seja a jogar, a empurrar, puxar ou saltar, porque haverá treino mais tarde, é simplesmente cortar-lhes possibilidades. Procurar indicar da bancada caminhos, ou corrigir prestações individuais enquanto se conduz o carro de volta a casa, simplesmente não vai contribuir para que se potencie o jogador.

P.S.  – Agradecimento muito grande à mais de uma centena dos que já se juntaram a nós no Patreon. Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda para que possamos manter periodicidade das publicações é passar por lá. Agora também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. Até porque se estiveres cansado de tanto correr nos intervalos vais ter que pensar de outra forma quando chegas ao treino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*