Martin Chrien. O médio que reforça o Benfica.

O eslovaco foi uma das boas surpresas do Europeu sub 21 que decorre na Polónia.

A primeira referência vai para toda a equipa da Eslováquia. A primazia por um jogo mais aprazível, onde a bola chega pelo chão, onde se procura invadir espaços nas costas de sectores adversários, sempre com ideias e passes curtos, beneficia todos os seus jogadores. Saíram mais valorizados pela ideia comum.

Chrien foi interior num modelo com três médios centro. Bom gesto técnico com qualquer parte do pé e capacidade para pensar sem precipitações cada posse foram argumentos demonstrados. Não é um “corredor” mas antes alguém que se mostra bem no espaço entrelinhas, se move com critério para poder receber a bola nas costas do sector adversário, e ligar o jogo. Do “estilo elegante”!

Algumas dúvidas de que num modelo diferente, que utiliza somente dois médios centro possa desde já colocar Pizzi e Krovinovic em “apuros”. O potencial está lá, no entanto.

Os seus golos no Euro:

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 109 artigos

Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*