FC Porto 2017 / 2018. Parte II.III.

Defesas Esquerdos.

Alex Telles. Com excelentes capacidades condicionais e boa técnica, foi muito pouco o que acrescentou em construção e criação na temporada passada, tendo em conta o potencial que poderá ter. Muitas debilidades na tomada de decisão, talvez maximizadas por um modelo que lhe “pedia” mais bolas longas e cruzadas do que um jogo pensado. Em traços individuais tem tudo para ter impacto na Liga portuguesa. Caberá a Sérgio Conceição guiar as decisões de Alex para ganhar um lateral que provoque o adversário, e seja uma clara mais valia. O lugar será indubitavelmente seu.

Layun. Capacidade para jogar em ambos os corredores, tornam-o uma opção muito aprazível para o plantel azul e branco. Como Alex é forte no cruzamento, e denota maiores dificuldades na criação, quando são pedidas decisões diferentes do jogar mais simples e procurar colegas na área. Teve um ano terrível com Nuno, mas há potencial para voltar a ganhar importância. Teoricamente é a alternativa número um aos dois laterais titulares.

Rafa Soares. O talentoso defesa esquerdo português espreita uma possível partida de Layun para aumentar o seu espaço no plantel. Sendo a principal alternativa a Alex, teria os minutos que precisa para continuar a progredir. Depois de uma temporada bastante positiva e num jogar que lhe potenciava as qualidades, Rafa terá de acertar com as suas decisões. É demasiado bom para ficar se não houver promessa de oportunidade, e um novo empréstimo uma possibilidade.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 103 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

4 Comentários

  1. …Excelente ala esquerda….o Porto em termos de alas está muito bem servido….aliás, eu creio que na defesa está muito bem servido….

  2. Sinceramente não concordo nada que o Layun tenha dificuldades na criação, acho até que é bem superior ao Alex Telles nesse aspecto e ainda mais na tomada de decisão.

  3. O Alex Telles tira me do sério…condições fisicas ótimas, velocidade, aceleração, cruzamentos…e depois decisões a roçar o zero…não consegue vir uma vez pra dentro com bola.
    Espero q o treinador consiga mudar isso um bocadinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*