Timings perfeitos para enquadrar acções.

O golo é de Toni Kroos, num excelente gesto a finalizar. A assistência de Nacho.

É todavia a perfeição do timing para soltar a bola de Marco Asensio que importa recordar.

Decidir e executar de forma sublime implica sempre controlar diferentes variáveis (colega, oposição, espaço, timing).

Demasiadas são as vezes em que o difícil é enquadrar o timing perfeito. Precisamente porque envolve também jogar com oposição e colega.

Fixar sempre? Tudo depende! Depende do contexto! Do posicionamento corporal do adversário. Impressionante o timing de passe de Marco Asensio no lance do golo do Real Madrid ao Sevilha. No preciso momento em que oponente perde referência visual, sai a bola dos pés do jogador merengue. É ver adversário perdido à procura da bola, e Nacho com tempo e espaço para fazer assistência.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3013 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*