As finais são para se marcar

FUTEBOL- durante o jogo da Super Taca Candido Oliveira, SL Benfica - Vitoria Guimaraes realizado no Estadio Municipal de Aveiro. Sabado, 05 de Agosto de 2017. ASF /HELENA VALENTE SL BENFICA - VITORIA DE GUIMARAES

O Benfica parte para a temporada 2017 / 2018 com um leque de avançados centro de qualidade incrível.

Na partida que valeu o sexto troféu nacional num espaço de pouco mais de vinte e quatro meses à frente do SL Benfica, a Rui Vitória, três avançados utilizados, três golos. Um por cada um deles.

De Raul Alonso Jimenez, já se havia abordado aqui. É um finalizador de nível mundial. Dentro da grande área é extraordinário e parece sempre ter soluções para terminar os lances com sucesso. A primeira bola que toca na Supertaça é uma autêntica obra prima, demonstrando a frieza e qualidade necessária em tão específico momento, que tantas vezes antes outros não demonstraram.

Jonas alia à capacidade para finalizar, tudo o que um enorme jogador deve possuir. Qualidade para construir e criar. Tem argumentos para fazer girar toda uma equipa ao seu redor pela forma como decide e pela qualidade técnica com que resolve os lances. Tem sempre soluções e é um dos maiores responsáveis pelas chegadas ao último terço com bola da equipa encarnada.

Seferovic é o novo elemento para a nova temporada, e tem demonstrado qualidades para participar no jogo também em zonas de criação que Mitroglou ou Raul não possuem. Tem mil movimentos de apoio e de ruptura e muito tem contribuído não só para fazer a equipa chegar ao último terço, mas também dando opções para ele próprio surgir em zonas de finalização. Para quem não conhecia, é a revelação da pré temporada em Portugal. Um avançado que, embora não ao nível técnico e de decisões de Jonas, também faz jogar a equipa, tal como o seu parceiro de ataque.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 111 artigos

Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*