Para lá do Resultado – Boavistão em Braga

“Foi a partida mais difícil desta temporada em casa. Dar os parabéns à equipa do Boavista que a jogar assim, vai chegar aos lugares cimeiros.”  Abel

Em Braga, o Boavista realizou uma excelente exibição contra um dos candidatos ao titulo, cujo valor individual é bastante superior ao do plantel dos axadrezados. Foi o treinador do Braga, o primeiro a reconhecer a excelente exibição do conjunto orientado por Jorge Simão que foi superior ao Braga de Abel durante grande parte do jogo e que merecia ter levado outro resultado da Pedreira.

“O Boavista criou-nos muitas dificuldades na nossa 1ª fase de construção, condicionou-a muito bem.”  Abel

Quando há um ligeiro desnível no valor individual das equipas, a estratégia adquire mais importância do que é habitual. Há a necessidade de equilibrar as forças, condicionando os comportamentos chave do adversário. Sabendo que, a construção do Braga é um dos pontos fortes da equipa orientada por Abel que variadíssimas equipas já demonstraram dificuldades em condicioná-la, Jorge Simão preparou estrategicamente muito bem a sua equipa para condicionar a construção bracarense, de tal forma que, foram raríssimas as ligações em ataque posicional.

À habitual saída a 3 do Braga, o Boavista procurou sempre pressioná-la, de modo, a retirar critério a um Braga extremamente competente em ataque posicional. Na sua construção, a equipa de Abel têm uma excelente dinâmica nos corredores laterais, seja atrair dentro para juntar o adversário e ir fora ou até mesmo ligando directamente de central para lateral. Para condicionar esta ligação exterior, os alas do Boavista apareceram ligeiramente mais subidos e a pressionar o lado cego dos centrais/laterais bracarenses. Foi absolutamente impressionante a forma como a equipa boavisteira alternou entre controlo e pressão sobre a construção do Braga e isso, proporcionou inúmeros momentos de desconforto na 1ªfase com os centrais a serem forçados ao erro ou a ter que jogar longo. Além disto, foi importantíssima a dinâmica central/espaço 6 do Boavista para condicionar a entrada da bola no corredor central com um dos avançados a saltar na pressão ao central e o outro em diagonal no médio do Braga que aparecia para ligar à frente da linha de 3 do conjunto comandado por Abel. Defensivamente, foi incrível a exibição Boavisteira, sobretudo nos momentos de mudar a velocidade para pressionar a construção adversária e de alternar o posicionamento do bloco.

“Não nos reconhecem como equipa que joga bom futebol. Não conseguimos levar pontos daqui,mas se não deu para levar pontos, valorizem o nosso ADN porque fizemos um jogo de muita qualidade.”  Jorge Simão
Hoje em dia, a ideia que se têm das equipas de Jorge Simão é que são equipas extremamente defensivas e sem ideias em ataque posicional. Nada mais errado que isso! Nos dias de hoje, o Boavista de Simão têm uma ideia ofensiva interessantíssima com capacidade para jogar nos três corredores e chegar ao último terço de forma apoiada. No corredor central, colocando os criativos lá ( Matheus Índio e habitualmente, Rochinha), os comandados de Jorge Simão têm uma capacidade notável para combinar neste espaço. Além disto, consegue ainda aproveitar o espaço nas costas da última linha adversária com muito critério, utilizando vários movimentos de ruptura por parte do avançado. Em Braga, em ataque posicional ou em transição ofensiva, a equipa comandada pelo excelente Jorge Simão foi capaz de criar perigo junto da baliza do Braga e poderia em várias situações, ter chegado ao empate.

Desengane-se quem ainda pensa que Jorge Simão é um treinador apenas defensivo. O treinador do Boavista é, hoje, um muito mais competente do que aquilo que era há uns anos atrás porque a sua ideia para o momento ofensivo evoluiu bastante e tornou a sua equipa mais atractiva. Contudo, não deixou de abdicar daquilo que o fez chegar ao topo, o rigor defensivo continua a ser bem evidente por mais que os resultados esta temporada não o demonstrem. Continuaremos a valorizar por cá, quem faz bem, quem faz diferença e aproxima a sua equipa do sucesso…

Sobre Pirlo 49 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*