Inicialmente tremido, mas natural

Um Portugal aparentemente mais ousado do que no passado jogo contra a
Sérvia, quer no regresso ao tradicional 433 quer nas alterações que, com bola podem dar outro tipo de soluções, entrou a vencer muito cedo. O que
aparentemente poderia revelar arrojo, transformou-se em apatia pois os
jogadores estavam sempre muito distantes entre si e nunca controlaram o jogo quando tinham o esférico em seu poder.
Em posse e com bola pela direita, Bernardo ou recebia na lateral para trazer para dentro e abrir o corredor a Cancelo, ou tentava receber já dentro para enquadrar. Na esquerda, Ronaldo deslocava-se muitas vezes para o corredor lateral tentando atrair os adversários e deixando Félix com a função de pedir entre linhas no corredor central, ou tentar afundar a linha defensiva com ameaças á profundidade.


Em organização defensiva e na pressão á saída de bola do adversário,
Portugal manteve o 433 com William Carvalho e Bruno Fernandes a alternar a saída em contenção ao central do seu lado, com a ajuda de Ronaldo.

Portugal tem sempre muitas dificuldades nos cantos defensivos pois defende quase sempre, apenas com Ronaldo ao primeiro poste e depois homem a homem! Com uma bola bem fora da zona do guarda-redes, João Félix perde o duelo individual no ar e o empate estava feito.


Na segunda parte, aliando mais paciência com bola e os ajustamentos do
selecionador nacional que com a entrada de Rafa, juntou o jogador do Atlético de Madrid a Ronaldo no corredor dentral o volume de jogo aumentou e os golos surgem de forma natural face ao caudal ofensivo.
O quarto golo é uma lição de bem definir. Félix com o seu movimento de rotura, cria indefinição no defesa que o consegue ver (numero 3) e aclara o espaço para Ronaldo finalizar sem oposição após passe de Bernardo Silva, tão simples!

Dejan Savicevic
Sobre Dejan Savicevic 69 artigos
Treinador, apaixonado por desporto, futebol e treino. Experiência em campeonatos nacionais na formação e atualmente ativo no futebol sénior. Colaborador na área de scouting e análise de jogo, com vários treinadores e equipas do campeonato nacional da Primeira Liga. contacto - galeiras@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*