Pormenores do líder: de trás para a frente

O Sporting de Ruben Amorim continua a mostrar que é mesmo um candidato ao título. Num jogo muito difícil e rico entre duas boas equipas do nosso campeonato, o Sporting recebeu e venceu o Braga de Carlos Carvalhal, num jogo em que nem sempre dominou e controlou com bola, mas que foi muito eficaz ofensivamente e defensivamente. Pode dizer-se que houve alguma “sorte” do conjunto leonino, mas a competência defensiva e o acerto nas poucas oportunidades criadas saíram por cima, perante um Braga que podia perfeitamente ter conquistado os 3 pontos.

Num jogo em que houve poucos destaques individuais ofensivos nos leões (Pote apagado apesar do golo, TT e Nuno Santos pouco em jogo), é caso para dizer que quase todos os elementos da linha defensiva leonina estiveram a grande nível(com bola a história foi outra, menos assertivos e suscetíveis à pressão do Sporting de Braga). Porro, homem do jogo para a SPORTTV, Neto, Coates e Feddal estiveram a um nível muito forte (o jovem Nuno Mendes foi o menos assertivo), e aquela que era uma linha defensiva de quem se desconfiava muito no início do ano acaba por, jogo após jogo, mostrar cada vez mais afinação e coordenação nas suas ações, individuais ou coletivas. Encurtando o espaço de ação dos jogadores do Sporting de Braga, jogando com a linha bastante alta para acompanhar a pressão dos jogadores da frente, os defesas do Sporting estiveram quase sempre em evidência, e mesmo nas 3 oportunidades de bola corrida do Sporting de Braga (que iremos apresentar também), os pormenores táticos estavam lá, havendo principalmente erros na recuperação da linha média dos leões e encurtamento dos espaços entre setores.

O excelente trabalho da equipa técnica de Ruben Amorim ve-se na colocação dos apoios da defesa, na coordenação e acompanhamento dos movimentos dos adversários, no timing da pressão e cobertura ao jogador da bola, e através deste trabalho colectivo e pormenorizado acaba por revelar o individual, em jogadores como Porro, Feddal, Coates, Nuno Mendes e até Luís Neto, que já foi bastante criticado no passado e tem-se apresentado a um bom nível. Trazemos então alguns dos pormenores de mais uma exibição defensiva muito boa do líder que, mesmo sofrendo em alguns períodos, garante uma coesão e confiança que aproxima o Sporting dos seus objetivos para cada jogo, e permitem que esteja a disputar os três títulos nacionais.

Uma menção também para a excelente exibição de Adan que, não fazendo parte da linha defensiva, é um membro muito importante para que o Sporting possa jogar desta maneira.

Os nossos Videos são criados com

Avatar
Sobre RobertPires 55 artigos
Rodrigo Carvalho. 23 anos, experiência como treinador adjunto e analista em equipas séniores em Portugal e nos Estados Unidos. Passou pela Federação de Futebol dos Estados Unidos no departamento de Formação de Treinadores. Em colaboração com a Proscout, trabalhou diretamente com equipas técnicas profissionais e produziu relatórios de jogadores. Podem seguir muito do seu trabalho em @rodrigoccc97 no Twitter.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*