Desacelerar para Acelerar – A Pausa que os mata

“Quero um jogo de domínio e de posse de bola, mas em que os jogadores entendam o que fazer, quando devem acelerar ou desacelerar, ir pela esquerda ou pela direita. Quando a minha equipa ganha a bola, eu não quero perda imediata. Eu dizia-lhes ‘desacelerem e pensem’, no sentido de visualizar se dá para ir rápido ou se não…”

Vitor Pereira, in Quarentena da Bola (2020)

Desacelerações e Acelerações é algo frequente no jogo do City. Dá a sensação ao adversário (e até ao espetador) que o jogo está morto e quando o adversário menos espera, acelera e fere-o. É um jogo extremamente inteligente, de constantes desacelerações que enganam os adversários mas também de acelerações (mudanças bruscas em posse) que desgastam fisicamente e mentalmente as equipas adversárias.

A forma como todos entendem o que devem fazer em cada momento, as ligações e decisões inteligentes a todo o instante, a pausa que serve para os enganar e matar… são tudo marcas de uma das melhores equipas que me lembro de ver! No entanto, o que me fascina cada vez mais neste Manchester City é a alternância de ritmos que cria um desconforto terrível para quem defende. Para além disto, Pep é altamente estratégico porque muda posicionamentos a cada jogo que passa em função de cada adversário e a qualidade das ligações mantém-se e isto, é o expoente máximo do jogar de uma equipa… É, mesmo alterando posicionamentos e até jogadores, a equipa não perde a fluidez em cada ataque. É absolutamente apaixonante ver a equipa do Manchester City jogar, sobretudo com Ruben Dias, Cancelo e Bernardo a encantar!

Por trás de cada posse do City, está uma intenção, um engano! Tudo no jogo dos “Citizens” é inteligência até mesmo quando a equipa de Pep está a dar a sensação de um jogo adormecido porque isso é a intenção do jogar de Guardiola para, no timing certo, ferir o adversário. A este ritmo, dificilmente alguma equipa no mundo, terá capacidade de parar a equipa que segue embalada para vencer, uma vez mais, a Premier League e quiçá, a Liga dos Campeões.

Sobre Pirlo 103 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*