Bernardo, o Falso 9

Guardiola fê-lo de novo. Bernardo Silva surgiu na posição nove, no jogo contra o Paris SG.

Mas foi um avançado centro? E que impacto teve no jogo?

Com 90 porcento de passes que encontraram um colega de equipa e apenas três perdas da posse, para duas recuperações, Bernardo ainda ofereceu o golo da reviravolta a Jesus.

Porque tem o City mais bola que o Paris SG, quando do outro lado há Messi, Mbappé e Neymar, com Paredes e Herrera nas costas? Quando há Hakimi, Marquinhos, Kimpembe e Nuno Mendes para sair desde trás?

E que papel teve Bernardo na posse do City, para lá de não a perder?

Digamos que as quatro equipas que penso que podem ganhar a Liga dos Campeões não transportam um único passageiro na equipa. O PSG tem três, não têm absolutamente nenhuma hipótese de ganhar a competição

Carragher

O seu jogo sem bola – Não pode ser diferente numa equipa de Guardiola – é também garante de que o adversário não joga, não tem bola! E se não a tem, e se o City quando a recupera não a perde, só joga uma equipa.

Heat Map de Bernardo Silva

No processo ofensivo, surgiu sempre mais como apoio nos half spaces (Espaços entre Lateral e Central) do que propriamente como um avançado centro. Daí o “Falso Nove”.

Nos dias que correm, e recordando os três últimos vencedores da Champions – Chelsea, Bayern e Liverpool – Quem pode abdicar de ter os seus avançados a defenderem com agressividade, resgatando bola e impondo dificuldades logo no início do processo ofensivo dos adversários, continuando a sonhar vencer as maiores provas?


Rating: 5 out of 5.
Sobre Paolo Maldini 3825 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*