Criatividade posicional

Pode ler-se aqui, “Miguel Veloso e Bruno Alves continuam a meter água por todo lado. São claramente os dois jogadores mais criativos da selecção. Criatividade ao nível do posicionamento, é a imagem de marca deles. E mais uma vez, se o seleccionador está atento às questões tácticas, tem de explicar muito bem o porquê de insistir em dois jogadores tão criativos. Com o Veloso e o Alves em campo, consigo ver a Alemanha em dois passes destruir um sistema defensivo com 9 atrás da linha da bola, com relativa facilidade.”


No Posse de Bola falei sobre Moutinho, que ainda não tinha voltado das férias. Ao que parece, ainda não voltou. 
Moutinho fora de posição, a jogar como médio ofensivo, não dá 1/10 do que pode dar jogando mais recuado.

Pouca intensidade dos médios na pressão e nas coberturas. Veloso e Meireles iguais a si próprios. Moutinho irreconhecível. Alemães com todo o tempo e espaço do mundo para pensar e executar. Linha defensiva inexistente, com B.Alves e Pepe arrastados de forma frequente para fora do corredor central. Ajustes não existiram. Poucas linhas de passe para o portador da bola, quando a bola estava nos corredores laterais, dando como única hipótese de seguir o ataque o cruzamento. Más decisões nos momentos de transição ofensiva, onde se recuperava a bola na primeira fase de construção alemã. Coentrão e J.Pereira muito criativos no posicionamento.


Como é que se escondem todas estas debilidades dos jogadores? Retira-se complexidade ao jogo, baixa-se o bloco, juntam-se as linhas. Defende-se em menos espaço,  juntam-se os sectores, aproximam-se os jogadores.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3011 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*