Parar também é fazer acontecer – Messi, a pausa e a definição. Não mais haverá igual

Choveram elogios ao fantástico passe de Messi no lance que viria a sentenciar uma possível reacção merengue no super clássico.

O passe é de facto muito bom, ao estilo de Messi. Com a precisão óptima, quer no momento quer para o espaço.

O mais impressionante, contudo, e o que o distingue dos mortais, é a sua tomada de decisão. É claro que porque é impossível alguém lhe roubar a bola tomando a iniciativa de o ir desarmar, sem esperar pelo melhor timing, lhe permite pausar o jogo de todas as vezes que lhe apetece. Mas, Messi não perde uma oportunidade para mostrar que mais do que a perfeição técnica, é a forma como vê e antecipa tudo, que o tornam o jogador mais especial da história do futebol.

O hino ao jogo não é a qualidade do seu gesto no segundo golo, mas a sua tomada de decisão. O deixar acontecer para mais tarde beneficiar. Posteriormente, o seu último toque na bola no lance, é apenas mais um “dia no escritório”. O “nós” sempre antes do “eu”.

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. O Lukaku acabou de fazer uma pausa igual para a desmarcação do Lindgard. Mas tinha menos oposição! Aos 71 minutos contra o Leicester.

  2. Apenas mais um dia no escritório, sem dúvida 🙂

    Um dia vão ter de se inventar novas categorias de estatísticas para se perceber o que ele realmente faz e consegue. Acho antes de Messi e do Barcelona de Guardiola não se falava tanto da ideia de “pré-assistência”, mas depois deste jogo terão de inventar algo como “não toca na bola e nem sequer faz nada na jogada, mas o apenas estar lá mete tanto medo nos adversários que dá golo”.

  3. no basket há duas noções relacionadas com isto:

    – a hockey assist: o passe para o passe decisivo

    – a pick assist: quando o jogador faz bloqueio sobre o defensor que permite libertar quem vai com a bola para marcar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*