Pepa – O trabalho no topo – A estratégia ofensiva – Parte II

Tondela's head-coach Pepa reacts during their Portuguese First League soccer match against FC Porto, held at Dragao stadium, in Porto, Portugal, 17th February 2017. JOSE COELHO/LUSA

No Lateral Esquerdo, para quem quer continuar a crescer, evoluir ou simplesmente perceber mais: A parte II do trabalho de quem ultrapassa sempre as expectativas pontuais.

Na primeira parte trouxemos a preparação estratégica (observação – análise – treino – competição) da equipa do Tondela na semana que culminou com o jogo em Guimarães, centrada sobretudo nos pontos fortes do adversário e em como os anular.

No presente texto, trazemos a preparação estratégica, no campo mais ofensivo. Sim, há a tendência errada de quem está de fora de acreditar que um plano de jogo, e um plano semanal que se liga ao plano de jogo, se limita a concentrar energias no anular do adversário. Nada mais falso, como o comprovará o exemplo do extremamente bem organizado Tondela.

O report (uma pequena parte deste, com os pontos identificados que se relacionam apenas com o momento de Organização Defensiva) ao adversário:

 

Video que serviu de análise à Organização Defensiva do Vitória:

Nota importante: São observados os jogos com adversários que jogam com a mesma estrutura do Tondela!

 

 

Notas importantes retiradas: Os interiores chamados à pressão, fazem aumentar de sobremaneira o espaço entre linha média e linha defensiva. Com a “coragem” devida, seria possível chamá-los a pressionar através de uma construção baixa de toque, para que então, depois de subidos para vir roubar, fazer a bola entrar nas suas costas, partir o bloco do Vitória em dois e sair para acelerar atacando contra 4 ou 5.

Havia que o treinar!

Equipa branca simula os comportamentos do Vitória, equipa amarela prepara jogo. Construção baixa a envolver laterais e médios que vêm tocar para trazer opositores.

 

E em competição a acontecer!!

 

A forma minuciosa como trabalha Pepa e a sua equipa técnica, é o que tem potenciado os óptimos resultados desportivos. Numa era em que cada vez mais tudo tem de ser mais controlado, mais pensado e mais treinado, o treinador do Tondela teve a coragem e gentileza de partilhar com todos a qualidade do seu trabalho.

O sucesso dá cada vez mais trabalho e requer cada vez maior competência e minuciosidade em tudo o que diz respeito ao trabalho de um treinador, seja este a preparação do processo de treino, construção do modelo ou liderança. Pepa, o homem que destruiu o Benfica em pleno Estádio da Luz, oferecendo numa bandeja o título aos dragões, mesmo bastante jovem, prova diariamente ser uma aposta segura do futebol português, e demonstra ser um treinador que vale muito a pena conhecer e seguir.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3407 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*