Quem faz jogar bem – De Aimar aos conectores que são humanos

Cada um joga 87 minutos sem a bola, então se consegues mover-te para que um companheiro faça golo, és um génio. Se consegues dar-lhe soluções e salvas-o … é bárbaro! jogas para a equipa! No final do dia, os melhores jogadores de futebol são os que fazem jogar bem os outros. E eu joguei com alguns assim… que não dizem nada, mas que te tornam melhor… quem faz jogar bem, esses são os grandes… mesmo que não tenham a notoriedade…

Pablo Aimar

Ontem partilhava as palavras de Aimar com aquele que para mim é um dos médios mais excitantes da formação em Portugal, precisamente porque tem o condão de não errar uma decisão, e saber sempre esperar o momento em que se pede então um pouco de trabalho que aproxime da notoriedade. E se este não acontecer, tem sempre a capacidade de ligar o jogo com inteligência, facilitando o jogo aos colegas. Mais do que ninguém, estes talentos têm de perceber que há quem entenda como jogam, e que as avaliações ao seu trabalho, não dependem do número de golos ou assistências.

Pablo Aimar, à parte, porque bárbaro no seu processo de tomada de decisão, e liderança dentro do jogo, o fim de semana passado juntou no mesmo relvado em Chaves, dois dos melhores conectores da Liga NOS.

Chiquinho encontrou Eustáquio.

Há duas formas distintas de entender o jogo de ambos. A errada, que se traduz na procura de desequilíbrios constantes, seja no drible, último passe ou remate, e a real. A real, para quem tem maiores dificuldades em entender a importância e o que acrescentam jogadores de conexão, simplificada traduz-se numa capacidade constante para não errar tecnicamente e ir ligando o jogo desde as zonas mais recuadas até à frente, sabendo sempre perceber o timing e espaço óptimos para onde direccionar o ataque.
Não forçar, para não expor a equipa constantemente a perdas, mas antes gerindo o ritmo de cada lance, permitindo aproximação da equipa e garantindo maior fluência de transição em cada momento do jogo.

Na Liga NOS, os dois médios portugueses são duas autênticas relíquias. As equipas devem fazer-se jogar, por si próprias. Mas, sem a inteligência e capacidade de recursos técnicos de conectores, o jogo transforma-se apenas em correria e jogadas atiradas à sorte.

Pensar está caro, e não é o que a bancada mais aprecia, e todos sabemos como se movem as manadas. Porém, continuar a fazer diferente, é o destino dos melhores.

 

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3616 artigos
Pedro Bouças - Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

5 Comentários

  1. Pergunto-me se um jogador como Eustáquio não seria o complemento perfeito para um meio campo como o do Benfica, no lugar de Fejsa, ajudando à capacidade de construção a partir de trás…

    • Concordo! Só apena mais uma observação, este chiquinho tem se revelado uma agradável surpresa, não sei que base de decisão levou os a vender o jogador ao Moreirense sem que no mínimo vissem as prestações dele em jogos entre clubes da primeira liga.

  2. Para quando um post sobre Miguel Luis, últimos dois jogos q jogou perdeu duas bola!!!!

    Um jogo difícil cm o Nacional entrando ao intervalo cm o estádio a arder,e um jogo de UEFA.

    • Pensava mais num post sobre o jogo do Bruno frente ao Nacional onde foi um autêntico Maestro!

      Keizer tem o seu Hakim Ziyech…(só falta agora encontrar um Lass Schone e um Frenkie de Jong)

      😉

  3. Muitos bons! Como é possível estoirar 8 milhões num troglodita como o Gabriel e mandar este jovem para o Moreirense?!

1 Trackback / Pingback

  1. Os craques do Campeonato de Portugal – Pepo (UD Leiria) – Lateral Esquerdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*