Problemas a Controlar a Largura – As Dificuldades do Vizela no regresso do Campeão

O Início da Liga Bwin 2021/2022 coincidiu com um regresso forte do Campeão, mas também com o regresso do Vizela de Álvaro Pacheco. A equipa vizelense apresentou-se num 4x4x2 em Organização Defensiva que, desde cedo sentiu dificuldades para controlar a largura do 3x4x3 do Sporting, o que fez com que a equipa perdesse capacidade para pressionar e fosse baixando as suas linhas a defender. Pareceu-me intencional não baixar os dois extremos no momento defensivo, mas a verdade é que ambos foram baixando pela necessidade de controlar a largura dos dois laterais do Sporting.

Sem criar muitas oportunidades de golo na primeira-parte, a equipa leonina foi chegando com facilidade ao último terço pelas constantes variações do centro do jogo que alargavam as distâncias da linha média da equipa de Álvaro Pacheco e empurravam a sua equipa para trás. É certo que, o primeiro golo da equipa de Rúben Amorim acabaria por surgir onde o Sporting é mais forte – Transição Ofensiva – com Paulinho a servir Pote, mas o segundo golo foi bem demonstrativo das dificuldades do recém promovido a controlar a largura no jogo de ontem e dificuldades que são próprias de quem defende em 4x4x2 contra um 3x4x3, uma vez que, existe sempre um jogador a dar largura máxima no corredor contrário ao da bola e isto (muitas vezes) faz com que existam mais variações longas do centro do jogo.

O grande problema do Vizela em Organização Defensiva foi o posicionamento dos dois extremos, não criaram linha de 6, mas também não criaram linha de 5, o que colocou a sua linha defensiva sobre inferioridade numérica constantemente e permitia variações constantes de corredor à equipa leonina, desgastando as duas linhas de 4 do Sporting. Com muita facilidade, o Sporting chegava a zonas de criação pelos corredores laterais e acabou por criar o suficiente para chegar a ganhar ao intervalo e terminar o jogo com uma vitória no primeiro jogo da época.

Sobre Pirlo 119 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*