Florentino – O recuperador que faltava.

O retorno de Florentino Luís parece vir a ser o primeiro pedido de Nelson Veríssimo atendido pela direção do Benfica. Independentemente de ser Florentino ou outro jogador qualquer, era visível a todos que a equipa foi construída com uma lacuna no meio campo.

Meité é a opção direta a Weigl mas não é um 6 puro, nem tem capacidade para se movimentar como tal posição o exige. O próprio Weigl é um jogador tremendo a nível técnico e a tirar a bola de zonas de pressão mas não tem as características de um 6 que tenha a missão de recuperar bolas, pressionar e funcionar como um tampão que trava as transições rápidas dos adversários (recordar o jogo com o Sporting, onde Matheus Nunes conseguiu sempre sair em vantagem).

Florentino pode trazer à equipa, caso retorne e venha a ser opção com regularidade, tudo isso. É um 6 puro, também com qualidade técnica, mas muito mais capaz de estancar transições ofensivas devido uma leitura e posicionamento que lhe permitem rapidamente perceber por onde o adversário irá sair e encostar.

Consegue ter um elevado número de bolas recuperadas por jogo também pela capacidade que tem de fazer equilíbrios nos 3 corredores. Acabando por ser aquilo a que no futebol habitualmente chamamos de um “polvo” no meio campo.

Até hoje, a sua qualidade ainda não explodiu como seria de prever depois da época em que se afirma no meio campo do Benfica de Bruno Lage também porque lhe falta dar o passo seguinte no que toca ter um papel mais ativo na fase de construção. Muitas vezes acaba por ser “acusado” de não arriscar no passe para dentro do bloco adversário, não contribuir para o momento ofensivo da equipa e isso são características que num clube que passa a maior parte do tempo no meio campo adversário paga-se caro.

Contudo, no plantel do Benfica não existe nenhum jogador com as características de Florentino quer seja, na recuperação de bolas, no posicionamento defensivo, na reação à perda nem na passada larga que exibe sempre que é necessário recuperar posição.

Caso se confirme a sua chegada, o Benfica acaba por ganhar duas opções válidas para reforçar o meio campo. Florentino e Paulo Bernardo dois jogadores da formação mas que acabam por vir acrescentar perante o que oferecem as opções atuais com Meité e Taarabt.

Sobre EdgarDavids 59 artigos
Analista de Desempenho Coletivo e Individual & Técnico de Exercício Físico.

4 Comentários

  1. Sinceramente nunca percebi porque deixou de ser aposta. Pode não fazer a diferença ofensivamente como o weigl, mas penso que iria ser muito útil no momento defensivo. E estamos a precisar disso já desde a época passada.

  2. Sinceramente não entendo o hype com o P. Bernardo, não estou a dizer que é mau jogador, mas não me parece ter as características necessárias para uma equipa como o Benfica: é pesadão física e mentalmente (o rapaz tem uma dificuldade tremenda na rotação do corpo, por exemplo), leva cinco toques para dominar uma bola, não tem lá aquela técnica/visão/decisão toda e também não é por ter um passe giro que se faz atleta de grande nível. O mesmo serve para o Ramos, por exemplo, que é mais inteligente mas com deficiências na relação com a bola (passe/recepção) que são demasiado limitadoras. Ou então o PB vira tipo um seis ou algo do género. Do que vi dele – mesmo na formação – precisa de muita pedalada para fazer diferente.

    É incrível como alguém foi capaz aqui: https://www.lateralesquerdo.com/2020/06/28/paulo-bernardo-no-caminho-da-madeira/ de afirmar que o jovem “é um clone do Rui Costa”. Das duas, uma: quem escreveu isto ou nunca viu jogar o Rui Costa ou então é puro sacrilégio. O Paulo Bernardo um clone do RC epá que comparação forçada! Doeu-me tanto que quase dois anos depois ainda tenho pesadelos com isto!

    • Sou capaz de concordar com o que diz sobre Paulo Bernardo. Já sobre Gonçalo Ramos, não: acho que tem disponibilidade física para pressionar, tem qualidade técnica, tem muito faro de golo, pode vir a ser um avançado completo.

  3. Alguém me explica como o tino com as características defensivas inatas que tem não foi aproveitado pelo JJ? Eu diria que seria mesmo o gajo que teria evoluído mais com o JJ?

    No entanto, este vídeo já tem 2 anos, a evolução foi praticamente nula, ainda terá estes comportamentos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*