O poder do Deslocamento – Um jogo novo de Enzo com Florentino

O jogo está cada vez com mais velocidade e físico

Pizzi, ao Canal 11

Correr não é jogar, mas sem correr, não podes jogar.

O poder do deslocamento, da cadência de passada que permite ter um raio de ação largo no jogo é cada vez mais uma marca dos grandes médios. O passado recente provou que mesmo em Portugal, não há como ter sucesso sem essa marca nos médios de cobertura – Como mudou o jogo do Benfica de Weigl e Taarabt para Enzo e Florentino.

O Deslocamento não marca golos – Embora ajude: Porque marcou Enzo os mesmo número de golos em dois jogos, que Taarabt em cinco anos – mas permite aumentar o raio de acção.

Num jogo cada vez mais tático, o poder do deslocamento veloz permite:

a) Saída para pressionar atempadamente – Impedindo oponentes de virar para o jogo;

b) Capacidade de recuperação defensiva – Ir pressionar acima, obriga estar preparado a ter velocidade para não recuperando a bola, ter capacidade de rapidamente baixar e vir ajudar a fechar a equipa na Organização Defensiva

c) Um médio com capacidade de aparecer consecutivamente na entrada da área adversária, e em pouco tempo estar a defender a entrada da sua área, valerá sempre, naturalmente, bem mais que aqueles cujo raio de ação é curto.

Se é o recorte técnico e a genialidade criativa – da boa decisão e capacidade de execução – que faz valer os milhões, nos dias de hoje já não cabem meios jogadores (aqueles que mesmo bastante bons numa das fases do jogo – Ofensiva ou Defensiva, têm demasiadas dificuldades na outra) em equipas de topo.


Rating: 5 out of 5.
Sobre Paolo Maldini 3825 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*